Diversão Famosos

Filha de Whitney Houston tinha relação violenta com marido

[mp_script_post_header]

A história da morte da filha de Whitney Houston fica pior a cada dia. Ao mesmo tempo em que as famílias do pai e da mãe brigam para saber como Bobbi Kristina será enterrada, fontes próximas a ela especulam sobre a relação violenta que a jovem mantinha com o namorado, Nick Gordon. Ele é um dos suspeitos que vem sendo interrogado e investigado pela polícia para desvendar a morte da herdeira de Whitney Houston.

Bobbi Kristina, filha única da cantora, teve sua morte cerebral declarada na última quinta-feira, mas seu pai, Bobby Brown, se recusa a deixar os médicos desligarem os aparelhos que a mantêm respirando. A jovem de 21 anos foi encontrada inconsciente e sem respiração na banheira de sua casa em Atlanta, nos Estados Unidos, há mais de uma semana. A suspeita é que ela tenha sofrido uma overdose, já que a polícia encontrou drogas na casa e ela mantém um histórico de abuso de substâncias ilícitas. No entanto, a perícia encontrou alguns hematomas no corpo de Bobbi e o depoimento de um amigo do casal fez com que as suspeitas recaíssem sobre Nick.

Segundo o site TMZ, Nick Gordon e Bobbi Kristina tinham um relacionamento violento por causa dos ciúmes do jovem de 22 anos e o motivo é uma tanto incomum: ele não entendia porque somente Bobbi havia ficado famosa após a morte de Whitney, já que ele também se considera “filho” da estrela da música.

Segundo informações de tablóides americanos, Nick foi adotado informalmente por Whitney Houston quando tinha 12 anos e passou a viver na mansão da cantora em Atlanta. Ele foi criado como meio-irmão de Bobbi e ambos chamam a cantora de “mãe”, por isso o pai da menina e os familiares sempre foram e ainda são contra o relacionamento amoroso dos dois.

Bobbi, como filha legítima, aparecia mais na mídia, tinha um reality show e era constantemente procurada para falar da mãe e gravar programas especiais sobre a família, ao contrário de Nick que estava sempre atrás do holofotes. Isto gerava brigas violentas entre o casal. Inclusive há um processo em andamento que tem Nick como alvo depois de ele supostamente ter agredido Bobbi.

Um episódio mais antigo dá conta que certa vez Nick separou a briga de Bobbi com um ex-namorado da garota usando um revólver, e que por isso, foi preso por porte ilegal de armas. Na mesma ocasião, Bobbi foi presa por portar bebida alcoólica sem autorização.

A fama era um problema real do casal e da vida da jovem, conforme conta a escritora Daphne Barak, que se comunicava com Bobbi há mais de um ano coletando informações para escrever um roteiro sobre a vida de Whitney Houston. “Bobbi achava que era tão famosa como a mãe e que seria cantora, mas obviamente, o talento não era o mesmo”, disse em texto escrito para o site britânico Daily Mail.

Ela conta que desde a morte de Whitney Houston há três anos – que também foi encontrada inconsciente em uma banheira de hotel em Los Angeles vítima de abuso de drogas -, Bobbi se afundou no consumo de drogas e em um comportamento destrutivo. “Já vi quadros desse abuso e também de uso de remédios controlados. Bobbi era uma menina doce, mas perdida e muito carente da mãe. Ela dizia que seus parentes tentavam provar que ela era louca para ficarem com sua herança”.

A jovem ainda nem morreu oficialmente e a família já briga pela tal herança. Assim que ela foi parar no hospital, seu pai Bobby Brown procurou a justiça para provar que a filha não era casada legalmente com Nick Gordon, apesar de eles morarem juntos há anos. Caso o tribunal identifique que o namorado era o parente mais próximo de Bobbi, ele herdará os milhões deixados por Whitney Houston.


Talvez você também goste