25°C 14°C

São Paulo, SP

22°C 10°C

Curitiba, PR

27°C 13°C

Belo Horizonte, MG

31°C 16°C

Rio de Janeiro, RJ

19°C 9°C

Porto Alegre, RS

29°C 22°C

Salvador, BA

Quinta-feira, 17 de Maio de 2018 - 17h31

Cuidados com a postura contribuem para a saúde do sono

Redação Mundo Positivo

Foto: Reprodução/Divulgalção


Postura inadequada e estresse excessivo são desencadeadores de diversos problemas nas regiões cervical, torácica e lombar. Durante o sono, perdemos o controle da musculatura da cabeça, portanto, para evitar problemas mais sérios na coluna, deve haver uma preocupação com a postura correta durante toda a noite.


Na hora de dormir, o ideal é alinhar a coluna cervical com o tronco, o que melhora a circulação sanguínea e facilita os estímulos elétricos enviados pelo cérebro aos demais órgãos do corpo. A posição de descanso escolhida deve ser a mais adequada possível para evitar que, em longo prazo, não afete a saúde da coluna e, consequentemente, a qualidade de vida. 


Para tirar dúvidas sobre as diferentes posições para dormir, a consultora da Duoflex, Renata Federighi, dá dicas que ajudarão a manter o bem-estar durante o sono:


Para quem dorme de lado

Posição mais recomendada pelos fisioterapeutas, pode ser do lado direito ou esquerdo. Aconselha-se utilizar dois travesseiros para ajustar a postura: um para a cabeça, de forma a preencher completamente o espaço entre ela e o colchão, formando um ângulo de 90 graus no pescoço, e outro entre os joelhos, de forma a mantê-los semiflexionados e afastados.

 

Para quem dorme de costas

Nesse caso, é preciso utilizar um travesseiro baixo ou médio para apoio da cabeça, que deve preencher o espaço entre a cervical e a nuca para evitar a hiperflexão do pescoço. Para que a postura fique correta, o ideal é usar outro travesseiro embaixo dos joelhos, de forma que fiquem semiflexionados e, assim, descansem melhor.



Para quem dorme de bruços

Apesar de não ser uma posição indicada para o sono, recomenda-se utilizar dois travesseiros bem baixos, sendo um para apoiar a cabeça e outro embaixo do abdômen, na altura da curvatura da cintura.


Dicas úteis

- A melhor maneira de escolher o travesseiro é conhecer sua estrutura, pesquisar se ele é macio, extra macio, médio ou firme, e testá-lo antes de comprar;
- Na dúvida, opte por travesseiros com regulagem de altura;
- Se for alérgico, verifique se o travesseiro possui proteção contra ácaros, fungos e bactérias, e se os materiais usados não causarão alergia;
- Sinta o conforto térmico do produto caso seja uma pessoa que transpire muito durante a noite;
- Troque o travesseiro a cada 2 anos.


publicidade:

publicidade:

publicidade: