31°C 17°C

São Paulo, SP

30°C 17°C

Curitiba, PR

28°C 19°C

Belo Horizonte, MG

34°C 20°C

Rio de Janeiro, RJ

36°C 20°C

Porto Alegre, RS

31°C 24°C

Salvador, BA

Terça-feira, 31 de Outubro de 2017 - 14h57

10 dicas para estudar em casa

Redação

 

Com o crescimento de modalidades de ensino à distância, rotina de trabalho acelerada ou mesmo por hábito, muita gente procura estudar sozinho. O que para alguns é uma condição necessária, para outros, pode ser um pesadelo. É que a falta de costume em ficar só com os livros pode levar o estudante a total falta de concentração, além de esbarrar dem dúvidas e insegurança. 

 

Mesmo assim, vale a pena considerar os benefícios de estudar sozinho, já que dessa maneira é possível criar horários alternativos e escolher o melhor local. Por exemplo, pessoas que trabalham e estudam nem sempre podem se dedicar aos livros no horário comercial, e precisam criar uma agenda bem fora do normal com aulas à noite e exercícios durante os intervalos para almoço. Além de poder escolher o seu horário, há pessoas com hábitos peculiares como combinar livros e música ou livros e TV. Tem gente que precisa de "barulho" enquanto estuda, e por isso, precisa criar um ambiente propício para isso. Seja em casa ou em uma biblioteca, é necessário entender o que é melhor para o desempenho de cada um.

 

 

Confira dez dicas de como melhorar o rendimento estudando individualmente

 

1.  Autoconhecimento

É preciso identificar as próprias limitações, dessa maneira, você poderá criar metas reais. O autoditada precisa se perguntar se tem o material certo, se vai precisar de ajuda ou se consegue se concentrar sozinho. Há muitas pessoas que dizem: "não consigo estudar só", mas não sabe o porquê. Identifique suas fraquezas e pontos fortes para organizar os estudos. 

 

2. Disciplina

Disciplina é a palavra chave para quem quer estudar individualmente. A pessoa precisa reservar uma hora do dia, de preferência a mesma, para estudar e fazer as tarefas propostas pelo curso escolhido. O hábito faz a força. 

 

3. Organização

É importante organizar o tempo de estudo, o material e o ambiente. Dessa maneira, você cria uma rotina saudável. 

 

4. Crie metas próprias

Todo estudante deve ter um foco, um objetivo diário, semanal e a longo prazo. A cada realização, você pode aumentar a meta gradualmente. 

 

5. Use a tecnologia

A Internet pode ajudar bastante quem resolve estudar sozinho. Mas é preciso ter cuidado para não tirar a concentração do aluno. Acesse um site por vez, e foque no que busca. 

 

6. Como você aprende?

A escolha do método de ensino é fundamental até para que estuda individualmente. Se você tem uma memória fotográfica, aposte em um material bastante visual. Já aqueles que tem um perfil auditivo, estude usando vídeos. Descubra qual é o seu. 

 

7. Tenha limites

Respeitar o seu limite é essêncial. É preciso dormir bem, se alimentar bem, para dessa maneira, ir bem nos estudos. Não crie uma rotina que você não pode suportar. O cansaço tira toda a concentração necessário para se dedicar aos livros. 

 

8. Se preocupe com o ambiente

É preciso separar um espaço da casa para estudar, com mesa, cadeira e iluminação adequada. Nada de ficar deitado na cama ou em algum lugar muito relaxado. 

 

9.  Faça um resumo do que estudou no dia

No fim de cada período de estudo, anote o que aprendeu no dia, isso pode ajudar a reter o conteúdo, além de ser útil como revisão do que estudou antes das avaliações.

 

10. Relaxe

Sair e se distrair com responsabilidade também deve fazer parte dos planos de estudo.

publicidade:

publicidade:

publicidade: