31°C 21°C

São Paulo, SP

31°C 19°C

Curitiba, PR

34°C 20°C

Belo Horizonte, MG

37°C 23°C

Rio de Janeiro, RJ

29°C 21°C

Porto Alegre, RS

33°C 24°C

Salvador, BA

Sexta-feira, 10 de Novembro de 2017 - 15h04

Dez coisas que o bebê pode fazer ainda dentro da barriga

 

Um lugar fechado, molhado, e um pouco solitário. Esse cenário faz parte da vida de todo mundo, quando, no começo da nossa existência, passamos pela experiência de ser gerado no útero da mãe. Já imaginou como é viver em um lugar assim por longos nove meses?

 

Pode não ser dos melhores lugares do mundo, mas com certeza, não é nenhum pouco chato. O bebê consegue fazer várias coisas na barriga da mãe, e quem tá do lado de fora, também consegue interagir bastante com o bebê. 

 

 

Confira cinco coisas que o bebê pode fazer ainda dentro da barriga


1. Fazer xixi

Isso mesmo! O bebê começa a fazer xixi ainda no útero da mãe. Mas não se preocupe, o líquido amniótico é composto em 90% por xixi. O bebê ingere o líquido, e coloca para fora em forma de xixi. Depois ingere novamente, e assim vai....


2. Bater palmas

Se você está contente, bata palmas!  Na verdade, além de feliz, o bebê está se exercitando, e já dando os primeiros passos rumo ao desenvolvimento da coordenação motora! 

 

3. Bocejar

Lá pelo quinto mês de gravidez, o bebê começa a bocejar. Isso pode ser visto pelo ultrassom e costuma deixas mamães e papais amolecidos. Que soninho bom!


4. Soluçar

Não precisa dar sustos no bebê para ele parar de soluçar. É comum que as crianças comecem a solução após o terceiro mês de gestação. Segundo os médicos, elas estão fortalecendo o sistema respiratório. 


5. Chupar o dedo

Que graça! Outro "exercício" bem válido para o nenem. É chupando o dedo que a criança fortalece a musculatura do rosto. E ainda rende fotinhos bem legais no ultrassom. Isso acontece depois de 12 semanas de gravidez. 


 

6. Ouvir

Sim, bebês podem ouvir tudo ao seu redor, mesmo dentro da barriga da mãe. Por isso, alguns médicos incentivam às mamães a ouvirem música e até conversar com a criança. Isso estimula a atividade cerebral do feto.  Contas histórias é, também, sempre uma boa ideia. 


7. Diferenciar a luz

Os olhos humanos são realmente muito frágeis. Tanto é que o feto só abre os olhos depois do sétimo mês de gestação, e logo ao nascer, a criança ainda precisa de algum tempo antes de encarar o clarão da vida. Alguns médicos acreditam que dentro o útero, o bebê consegue diferenciar a intensidade da luz ao redor da barriga da mãe, e até reagir a essa luz. Curioso, não?


8. Diferenciar o gosto

Quando uma grávida fala que "precisa comer por dois", ela não está brincando. O feto realmente se alimenta do que a mãe come, e ainda mais, ele consegue sentir gostos e saber o que é "bom" ou "ruim" para ele. Isso mesmo! Bebês já têm paladar mesmo antes de nascer. Especialistas indicam que a mãe tente vários tipos de comida, assim, podem estimular o gosto do bebê. 


9. Sonhar

Durante toda a gestação, bebês dormem até 95% do tempo! Haja sono! Pesquisadores apontam que durante esse tempo de sono, a criança é capaz de sonhar.


10. Gestos

São vários os gestos que bebês podem fazer. Desde um "joinha", sinal de vitória, piscadinha com o olho e muitos outros gestos. O útero é, na verdade, um parque de diversão sensorial para a criança. Vale tudo!



publicidade:

Mais em Mulher

publicidade:

publicidade: