Empreendedorismo

Rappi aluga bicicletas elétricas para entregadores de São Paulo

Rappi aluga bicicletas elétricas para entregadores de São Paulo - 1

O Rappi Brasil começou a disponibilizar bicicletas elétricas, ou “e-bikes”, aos seus entregadores. Elas surgem a partir de uma parceria da empresa colombiana com a Woie Rental, fornecedora dos veículos. O aplicativo de delivery iniciará com 40 bicicletas em São Paulo e espera chegar a 2.000 por todo o país até o fim do ano.

De acordo com a empresa, a iniciativa deve promover a redução da emissão de carbono e aumentar a rentabilidade dos entregadores, que ao deixar de usar motocicletas evitarão gastos com combustível e manutenção. As elétricas também são mais eficientes do que as bicicletas comuns.

Mas as e-bikes não saem de graça: elas podem ser alugadas pelos entregadores pagando R$ 99 por mês. O Rappi diz que vai subsidiar o restante do valor dos custos do veículo junto à Woie. As bicicletas são personalizadas com a identidade visual do app e serão disponibilizadas em modelos mais leves, com capacidade de até 25 km/h por hora.


Participe do GRUPO CANALTECH OFERTAS no Telegram e garanta sempre o menor preço em suas compras de produtos de tecnologia.

Rappi aluga bicicletas elétricas para entregadores de São Paulo - 2
Rappi alugará bicicletas elétricas aos entregadores por R$ 99 por mês (Imagem: Divulgação/12138562/Pixabay)

Os veículos contarão com um aparelho de geolocalização e podem ser carregados em tomadas comuns ou em espaços para carregamento, que serão disponibilizados nos pontos de suporte dos entregadores, em dark stores da vertical Turbo e em supermercados.

Nesta primeira fase, as bicicletas são destinadas para os entregadores mais ativos do Rappi e com alta avaliação pelos consumidores — de carro, moto ou bicicleta — além do uso no Turbo, vertical da empresa que realiza entregas em até dez minutos e em raios de até dois quilômetros.

Trending no Canaltech:

Fonte: Canaltech