Carreira & Educação

Como operar Nasdaq?

O Nasdaq é um instrumento de negociação muito conhecido e parecido com o S&P 500 e afins. O que é? Por que os traders gostam dele? Como operá-lo? Vamos descobrir.

O que é?

Cada bolsa tem um conjunto de índices que indicam seu estado geral. Quer dizer que eles respondem à
pergunta “como vai o mercado de ações, de forma geral?” Dos índices da Bolsa de Valores Nasdaq, os
principais são dois: o Nasdaq Composite Index e o Nasdaq 100. O primeiro geralmente é chamado
simplesmente de Índice Nasdaq — é ele que consta no MetaTrader e no FBS Trader.

Qual é o diferencial?

Quase metade de todas as empresas incluídas no Nasdaq são do setor de tecnologia, então o Nasdaq é
um índice bem voltado para esse setor. Se você é fã de inovações em engenharia, computação em
nuvem, IA e outras ramificações da área de tecnologia, este índice é para você.
É importante ressaltar que o Nasdaq é um índice ponderado por capitalização de mercado. Isso o torna
mais equilibrado e aumenta sua representatividade do setor como um todo, ao invés de refletir somente
o estado de seus maiores participantes, como Amazon e Alphabet.

Onde encontrá-lo?

No MetaTrader (MT4, no exemplo abaixo), você deve escolher os Futuros de CFDs e selecionar o Nasdaq.
No FBS Trader, acesse a seção de Índices e procure pelo US100.

Como operá-lo?

De forma geral, qualquer grande notícia que seja importante para o setor tecnológico vai movimentar o
Nasdaq. Portanto, para operar Nasdaq você deve acompanhar os acontecimentos ligados às empresas
participantes: Apple, Microsoft, Amazon, Google, Facebook, Tesla, Alibaba, entre outras. Todas elas estão
disponíveis separadamente, tanto no MT5 quanto no FBS Trader, então é possível que você identifique
movimentos correspondentes entre cada empresa separada e o índice.

Notícias favoráveis a essas empresas fazem o Nasdaq subir. Pode ser uma perspectiva de negócios
otimista para determinado período, lucros maiores que o esperado, uma fusão ou aquisição promissora,
ou a divulgação de um produto novo que vai abrir um novo nicho para a empresa ou ampliar seu
potencial de lucro.

Analogamente, falta de interesse dos investidores, relatórios sazonais desfavoráveis ou projeções
desanimadoras para o setor tecnológico pressionam o Nasdaq para baixo.