Comportamento

Como ser saudável comendo em um self-service

Para quem trabalha fora ou não tem tempo para cozinhar, o self-service (ou o famoso restaurante à quilo) parece ser a melhor opção. Além de um bom custo-benefício, é possível variar o cardápio ao gosto do freguês.

Mas há também o lado ruim. Por causa da mesa farta, é bem comum algumas pessoas exagerarem na quantidade – e também – nos quitutes. Para manter uma alimentação saudável, é necessário montar o prato com consciência. Para isso, basta ficar atento à algumas dicas para construir um cardápio nutritivo e variado.

Saladas

Quanto mais colorida, melhor. Capriche na salada e invista em alimentos verdes, como folhas, alaranjados, como cenoura, e vermelhos, como tomate e pimentão. Dê preferência à alimentos crus. Para temperar, use apenas limão e um fio de azeite. Comece sempre a refeição pela salada, mastigue bem os alimentos, pois isso estimula o cérebro na sensação de saciedade.

Vai uma pimentinha aí?

Sempre que possível, se você gostar, use pimenta em seu prato. Ela tem efeito termogênico, ativa as papilas gustativas, aumenta a salivação e estimula os hormônios da saciedade.

O truque do ovo

Inclua ovo cozido na salada, pois isso faz você comer menos ainda em sua refeição. Mas nada de desperdiçar a gema, pois é lá que está a gordura. Já quem gosta de malhar, pode abusar da clara, devido a presença da albumina, boa para os músculos. Comer um ovo faz a fome diminuir, claro!

Dois carboidratos

Nada de misturar arroz, batata e macarrão. O ideal é combinar um desses carboidratos com um turbéculo como feijão ou lentilha. Uma boa dica é comer batata doce, que possui um baixo indice glicêmico, e isso quer dizer que é um carboidrato de fácil digestão.

Pegue uma proteína

Opte por um tipo de proteína, de preferência uma carne magra grelhada ou assada (uma carne vermelha magra, um peito de frango ou um peixe). Evite preparações fritas ou com molhos e cremes, como parmegiana, milanesa e strogonoff.

Aceita uma bebida?

O consumo de sucos e refrigerantes durante as refeições pode ter mais influência no aumento de peso do que as calorias da própria comida por causa do açúcar. Evite até as versões zero/diet/light. É permitido, no máximo, meio copo de água sem gás enquanto come. Depois? Beba bastante água.

E uma sobremesa?

Nem pensar! Evite doces e alimentos com alto índice glicêmico preparados com açúcar e farinha branca, eles produzem uma sensação de sono após a refeição. Ao invés dos doces, escolha uma porção de fruta, também sem exageros.


Talvez você também goste