Comportamento Moda & Beleza

Descubra se pintar o cabelo com papel crepom estraga os fios


Mudar o corte e o tom do cabelo faz parte do estado de espírito das pessoas. Seja homem ou mulher, chega um momento que alterar o visual, investir no novo e arriscar uma transformação alivia a alma e dá até um gás na vida. Entretanto, existem métodos corretos e mais baratos do que recorrer ao clássico papel crepom.

O modo de usá-lo é fácil. É só escolher a cor desejada, cortar o papel em tiras, deixá-las dentro de um recipiente com água até desbotá-lo e o líquido ficar escuro. Retire-o e pinte a parte do cabelo que quiser. Molhe os fios por 15 minutos, seque-os em uma toalha velha (ela ficará manchada) e aguarde o cabelo secar. Normalmente, o tom dura três lavagens. Simples, certo? Errado.

O método é fácil e bem em conta, contudo, o resultado sai mais do caro do se imagina. Por mais que se tinja uma mecha ou apenas uma parte dos fios, o papel crepom resseca o couro capilar e, dependendo da tonalidade natural de quem pinta, o processo de descoloração pode ser bem demorado. Na hora, o cabelo fica lindo, mas depois, as pontas ficam manchadas e nem com tinta escurece ou clareia outra vez. O único jeito é cortá-lo.

Já pensou o pânico de ter que ir ao salão de cabelereiro por causa de algumas tiras de papel crepom? Tonalizantes coloridos, por exemplo, duram cerca de oito lavagens e, em algumas farmácias ou lojas de produtos de beleza, pode-se encontra-lo por menos de R$ 10. As tintas especiais duram aproximadamente um mês e são mais recomendadas.

Veja algumas dicas de como não errar na hora de pintar o cabelo:

Tenha cuidado ao pintar o cabelo de preto, porque a cor demora a sair. O ideal é esperar o tom desbotar para tingi-lo outra vez. Agora, caso você fique sem paciência, o jeito é recorrer à decapagem (processo agressivo aos fios, mas que removem os pigmentos da tinta – além de ser bem caro);

Cabelos vermelhos, normalmente, duram 12 lavagens. O tom é lindo, mas para escolhê-lo é preciso dedicar-se a hidratá-lo e a manter a cor, caso contrário, os fios ficam ressecados e com cor de água de salsicha;

Mechas coloridas, com o tempo, ficam fracas e apagadas. Dependendo da quantidade de tinta usada, os ficam quebradiços, ressacados e um pouco palha;

Oriente-se com o seu cabelereiro qual é o xampu e o condicionador mais indicados ao seu tipo de cabelo e como proceder com a hidratação, caso tinja as madeixas;

Dica final: Pinte, ouse, inove, mas cuide do seu cabelo. Afinal, ele faz parte de sua essência e do seu jeito de ser.


Talvez você também goste