Saúde & Bem-estar

Oscar Schmidt relembra risco de morte com tumor no cérebro

O ex-jogador de basquete Oscar Schmidt, de 64 anos, relembrou o tratamento que realizou contra o câncer no cérebro no qual foi diagnosticado em 2011, em entrevista ao programa Domingo Espetacular, da Record.

“Esse tumor me fez perder o medo de morrer. Eu morria de medo de morrer”, disse ele, que celebrou a cura após a luta trava contra a doença. “Estou curado mesmo. Porque eu não tive mais nenhum episódio de nada. Nada. Me sinto bem”, afirmou o irmão de Tadeu Schmidt, apresentador do BBB.

Oscar, por sua vez, contou que parou de receber a quimioterapia há alguns meses, embora tenham se passado anos. “Meu médico perguntou para mim se eu queria parar [a quimioterapia]. Isso faz alguns anos. Eu resolvi parar agora. É uma convicção, disso aqui eu não vou morrer”, contou.

Oscar Schmidt é considerado, por muitos, o maior jogador brasileiro de basquete da história do país, além de ser considerado o maior da história da modalidade, com quase 50 mil pontos acumulados. Sua carreira foi iniciada em 1977 e encerrada no final da década de 90.

VEJA MAIS: Veja quais atores da versão original de ‘Pantanal’ que já morreram

Fonte: Observatório dos Famosos