Viagens & Destinos

Bondinho do Pão de Açúcar chega com festa aos 107 anos

Tomaz Silva/Agência Brasil

O Bondinho do Pão de Açúcar, o primeiro teleférico instalado no Brasil e o terceiro no mundo, completou 107 anos. Considerado um dos mais belos pontos turísticos do Rio de Janeiro, o bondinho é uma atração para moradores e para quem vem de fora do estado ou de outros países.

Além disso, está instalado em um marco natural para navegadores que passam pela Baía de Guanabara, e geológico, uma vez que tem datações precisas da história da Terra. Como marco histórico, sua base foi o local em que Estácio de Sá fundou a cidade de São Sebastião do Rio de Janeiro, em 1º de março de 1565.

Em 1909, foi fundada pelo engenheiro brasileiro Augusto Ferreira Ramos a companhia Caminho Aéreo Pão de Açúcar, que, em 1912, inaugurou o primeiro trajeto entre a Praia Vermelha e o Morro da Urca. No ano seguinte, foi inaugurado o segundo trecho, ligando o Morro da Urca ao Pão de Açúcar. No ano de 1972, o transporte se modernizou com a segunda geração do bondinho, que tinha cabines com novo design e duplicação de linhas.

A terceira geração do bondinho surgiu em 2008 e passou a contar com sistema digital de comando e potência, além de vidros fumê, antirreflexo e sistema de ventilação. Em 2016, o sistema passou novamente por revitalização e modernização.

Entre as curiosidades divulgadas no site do bondinho, está a informação sobre a origem do nome Pão de Açúcar, que tem diferentes versões históricas, uma das quais indica que o historiador Vieira Fazenda acreditava que os portugueses deram esse nome ao morro por causa da sua semelhança com uma forma, feita de madeira ou metal, usada para armazenar os blocos de açúcar que eram transportados para a Europa.

Programação

As comemorações dos 107 anos do bondinho duraram dois dias. No sábado (26) foram abertas as exposições Fio que Nos Une e Carioquíssima, que permaneceram o fim de semana, com gastronomia, moda, decoração e atividades infantis e apresentação do Samba de Santa Clara. Hoje a programação incluiu a apresentação do Coral Diversus e os parabéns, com bolo distribuído ao público. Os ingressos variam de R$ 29 a R$ 220, dependendo do tipo de atividade escolhida, com bilhetes de somente visitas aos morros ou com direito a passeios ecológicos ou tour histórico ou de bastidores.

Para cariocas e moradores do Rio e do Grande Rio, as tarifas são mais baixas: R$ 58 para adultos e R$ 29 para crianças de 6 a 12 anos. Quem está abaixo dessa faixa etária não paga.

As consultoras de venda de produtos de oncologia Valquíria Ribeiro, de São Paulo, e Sueide Souza, de Salvador, ambas de 46 anos, aproveitaram a vinda ao Rio para um congresso e visitaram o bondinho. Sueide já tinha feito o passeio, mas resolver levar a amiga, que ainda não conhecia o cartão-postal, valorizado pelo dia de sol forte e céu azul. “Fantástico, sensacional”, disse Valquíria.

“A gente ainda teve a grata surpresa de pegar o aniversário de 107 anos do Pão de Açúcar, com uma festa superlinda, com apresentação de coral. Comemos o bolo, tiramos fotos”, completou Sueide.

A visita ao bondinho foi mais uma etapa das atividades que prepararam para este domingo. “A gente veio a trabalho e, como ia ter o dia livre, a gente correu de manhã, no Monumento dos Pracinhas, em uma corrida de rua, e depois veio para o passeio”, disse Valquíria. Afirmando que aproveitou bem o tempo de folga, Valquiria acrescentou:  “Ainda tem mais. Eu vou voltar, mas este meio período foi bem aproveitado. Amei, vou voltar e trazer meus filhos.”

Fonte: Agência Brasil


Talvez você também goste