Casa & Decoração

4 dicas para uma parede em gesso perfeita

Quando pensamos em acabamento ou preparação das paredes de uma casa para pintura, sem dúvida, a opção mais prática e econômica é a utilização de gesso. Afinal, não é necessária a aplicação de seladores, pode ser aplicado diretamente sobre o concreto, seca mais rápido que a massa corrida e o serviço pode ser finalizado em menor tempo.

Por isso, a STANLEY, fabricante de ferramentas, preparou algumas dicas para mais praticidade e rapidez na execução desta tarefa. Confira:

1 – Avaliar e preparar a parede

 O primeiro passo para a aplicação do gesso é verificar a estrutura da parede. Ela deve estar plana, sem rebarbas ou buracos. Paredes de bloco ou com reboco devem esperar sete dias após sua elevação para que o gesso seja aplicado. Para superfícies em concreto, o prazo é de 28 dias. Nesta etapa, é fundamental que se avalie toda a parte hidráulica, elétrica e infraestrutura de ar condicionado, para que não precise de reparos após o acabamento. Os contramarcos das janelas devem estar instalados e os batentes presos na alvenaria.

 2 – Prepare o gesso

 O gesso precisa ser preparado em uma masseira, na proporção 40 kg de gesso – pacotes geralmente comercializados – para, em média, 36 litros de água. Entre a preparação, dissolução do pó e descanso da massa, levam-se cerca de vinte minutos.

 3 – Aplicando o gesso

 Primeiramente é preciso molhar as paredes. Começando pelo teto, com uma desempenadeira de PVC, parta depois para as paredes, que devem ser feitas de cima para baixo. A espessura deve ser de um a três milímetros. Aplique a segunda e a terceira camada, com cuidado, até que a superfície fique bem lisa e regular. Para aplicação nos cantos, a STANLEY recomenda a utilização da espátula de canto para melhor nivelamento e acabamento perfeito. Para isso, posicione a espátula no canto da parede e desça em linha reta. Repita a operação até que a superfície fique lisa.

 4 – Finalização

 Para que o trabalho esteja concluído, é preciso verificar se as paredes ficaram sem ondulações. Elas devem ficar com aspecto um pouco brilhante e os cantos precisam estar regulares. A limpeza precisa ser feita ao fim do trabalho, para evitar que o gesso se misture com outros materiais. O descarte do gesso residual precisa ser feito separadamente dos demais entulhos.

Leave a Comment

Your email address will not be published.


Talvez você também goste