Diversão Gastronomia & Receitas

Substitua a carne de forma saudável nesta quaresma

Essa semana iniciou-se a quaresma, um período de 40 dias de penitência em que algumas comunidades cristãs se dedicam a preparação para a Páscoa. É um símbolo para a reflexão sobre a conversão e mudança de hábitos da vida e, muitos adeptos, costumam nessa época aderir à abstinência da carne e ao jejum.

O jejum é uma forma de penitência que defende a prática de uma pequena refeição diária, mas caso haja necessidade, pode-se fazer outras duas, mas em quantidades menores as habituais e sem luxos. As orientações da igreja indicam que grávidas, doentes e pessoas que o trabalho exige grande esforço físico, estão liberados dessa prática.

Já a abstinência, consiste na escolha de uma alimentação simples e pobre. É nesse quadro que se costuma cortar o consumo de carnes, principalmente as vermelhas, ou outros alimentos que sejam considerados caros.

Nesse período é comum recorrer ao peixe, mas a nutricionista Carolina Pádua, explica que é preciso tomar alguns cuidados na hora de comprar esse alimento. O indicado é preferir o peixe fresco, confira se os olhos do animal estão transparentes e brilhantes e garanta que o corpo esteja liso e a carne firme, dessa forma, será garantido o poder nutritivo do alimento.

A especialista informa que se o fiel desejar não ingerir nenhum tipo de carne, existem outros alimentos de origem vegetal que substituem os nutrientes da carne. As leguminosas são ótimas fontes de proteína vegetal, como os: grão-de-bico, feijões, ervilha, lentilha, soja e favas. Os cogumelos – paris, shimeji, funghi, shitake – também são outra opção, além de serem ricos em nutrientes, vitaminas e minerais.

O ferro pode ser encontrado em verduras de folha verde-escuro, como a couve, brócolis, escarola, rúcula e agrião. Os cereais, castanhas, amêndoas, nozes, avelãs e macadâmias também auxiliam na composição de uma dieta balanceada e sem carne.


Talvez você também goste