Futebol

2013 ou 2019? Everton Ribeiro crava quando emplacou melhor nível da carreira

2013 ou 2019? Everton Ribeiro crava quando emplacou melhor nível da carreira - 1

Nas estatísticas cruas, Everton Ribeiro não costuma aparecer muito, especialmente se comparado aos seus companheiros Gabriel Barbosa, Bruno Henrique e De Arrascaeta. Ainda assim, é impossível pensar em um ​Flamengo tão implacável e avassalador se não houvesse o camisa 7: sua importância tática para o equilíbrio do time, sua dedicação pelo coletivo e sua regularidade fazem dele um dos xodós da torcida rubro-negra.

De torcedor para torcedor: clique aqui e siga o 90min no Instagram!

​​Em entrevista recente concedida à Fox Sports, o meia falou, dentre tantos assuntos, sobre seu momento individual. Perguntado se está performando no mesmo nível em comparação ao biênio 2013/14, quando brilhou com a camisa do ​Cruzeiro, Everton foi além: Me vejo muito bem hoje, acredito que estou no mesmo nível ou até melhor que aquele tempo. Só que lá eu fui campeão, então acredito que tem que fechar bem esse ano pra poder, aí sim, falar”, afirmou.

Everton Ribeiro

Como destaca o ​UOL Esportes, o camisa 7 também analisou as virtudes do Cruzeiro 2013/14 e do Flamengo 2019, destacando algo em comum entre os dois grupos: a ausência de vaidade e o bom ambiente em prol de uma temporada vitoriosa.

 

Eu sou privilegiado, porque nas duas equipes não teve essa vaidade [brigas de egos]. Tanto no Cruzeiro, quando tinha os campeões, Dagoberto, Tinga… que em certo momento não jogavam ou não entravam, o treino diariamente era acima do que os meninos que estavam começando. Então isso era uma motivação para todo mundo. Hoje vejo isso novamente, até por esse grupo ser tão bom, não ter vaidade, estamos fazendo bons jogos, estamos na final da Libertadores. Grupo campeão tem que ter isso, não pode ter a vaidade”, concluiu.

FBL-LIBERTADORES-FLAMENGO-GREMIO

 

 

Fonte: 90min


Talvez você também goste