Futebol

2020 é do Flamengo? O futebol contraria a lógica, assim como em 2019

2020 é do Flamengo? O futebol contraria a lógica, assim como em 2019 - 1

​O futebol brasileiro, por vezes, contraria a lógica. E o Flamengo de 2019 é o exemplo mais recente disso. Quem poderia dizer que, contratando um técnico estrangeiro no meio do ano e incorporando quatro reforços aos outros quatro já trazidos no início do ano, o encaixe seria tão perfeito a ponto de garantir uma temporada histórica, com os títulos da Libertadores e do Campeonato Brasileiro? É justamente por isso que nada garante que 2020 será igual.

 

Renato Gaucho

 

Obviamente, ninguém é insano a ponto de negar que o ano chega ao fim com a melhor das perspectivas para o Rubro-Negro. Trata-se de um clube saneado financeiramente, com capacidade de melhorar o plantel e aumentar ainda mais suas receitas. Mas Jorge Jesus permanece até o fim? Atletas serão vendidos? É o próprio futebol brasileiro que ensina que é necessário, sempre, ter um pé atrás até as coisas se consolidarem.

 

Fernando Diniz

 

 

Grêmio, que retomou sua trajetória vencedora a partir de 2016 com a chegada do técnico Renato Portaluppi, poderia nem ter iniciado este caminho se, três dias depois do início do trabalho do ex-camisa 7, uma disputa de pênaltis o tivesse eliminado da Copa do Brasil – e olha que o Athletico-PR teve a bola do jogo para isso. E o ​Palmeiras, campeão brasileiro com sobras em 2016 e 2018 e que viveu temporadas subsequentes às conquistas para esquecer?​Corinthians é outro exemplo. Venceu o Brasileirão em 2017 quando não se esperava nada mais que uma campanha mediana e, com Fábio Carille mais consolidado na temporada que se encerra, fracassou.

 

Eduardo Coudet

 

O futebol é feito de surpresas. Boas ou ruins. Será que 2020 não será o ano do São Paulo de Fernando Diniz? Ou do ​Internacional de Eduardo Coudet? No momento, cravar isso não é possível, mas se daqui 12 meses estivermos aqui para falar do sucesso deles, não será nada fora de contexto. Afinal, a lógica está aí para ser contrariada.

Fonte: 90min


Talvez você também goste