Futebol

5 lições que a Premier League 2019/20 ensinou logo em sua primeira rodada

5 lições que a Premier League 2019/20 ensinou logo em sua primeira rodada - 1

No último final de semana, o fã de futebol internacional recebeu uma ‘provinha’ do que será a ​Premier League 2019/20. Sua primeira rodada foi marcada por partidas emocionantes, chuva de gols e primeiro contato com o VAR, tecnologia adotada no país somente nesta temporada. Confira a seguir 5 lições que o Campeonato Inglês nos deixou logo em seu primeiro grande ato:


1. Chelsea em apuros

Cesar Azpilicueta

O período entre temporadas foi bastante cruel com o Chelsea: além de perder o treinador Maurizio Sarri para a Juventus, ainda viu seu grande craque rumar ao Real Madrid. Pior de tudo é que, por conta de uma sanção da FIFA, o clube londrino foi vetado de realizar contratações nesta janela, não conseguindo repor a perda de Hazard. A goleada sofrida para o United logo na estreia já sinaliza que 2019/20 será complicado para os Blues.


2. Briga contra o rebaixamento será dura

Florin Andone

Antes de qualquer campeonato começar, é natural que se façam projeções sobre os ‘favoritos’ ao rebaixamento. Para esta edição da Premier, clubes como Brighton, Sheffield United e Aston Villa, acompanhados de Newcastle e Norwich City, despontaram como maiores candidatos. Todos eles, no entanto, demostraram algo positivo em seus primeiros compromissos, provando que a luta contra a queda será acirrada. O primeiro citado venceu na rodada, enquanto os três últimos foram derrotados, mas encarando Tottenham, Arsenal e Liverpool de forma corajosa.


3.  Manchester United pode surpreender

FBL-ENG-PR-MAN UTD-CHELSEA

Em que se pese ter enfrentado um rival fragilizado, o Manchester United fez uma partida irretocável taticamente e atropelou o Chelsea, rival que sempre costuma lhe complicar a vida. Pela falta de contratações de peso na janela e risco constante de perder Paul Pogba, o maior campeão inglês foi ‘esquecido’ nos palpites de candidatos à vaga na próxima ​Champions, status de azarão muito incomum por seu tamanho e tradição. Uma goleada de 4 a 0 em um adversário forte e multicampeão é uma demonstração de força.


4. West Ham precisa de mais do que ‘apenas’ dinheiro

Ryan Fredericks

Perder para o Manchester City, atual bicampeão inglês, não é um resultado alarmante por si só. Contudo, o West Ham não conseguiu mostrar nenhum tipo de resistência mesmo atuando em casa, ​sendo goleado por 5 a 0 e deixando o campo ‘aliviado’ pois o estrago poderia ter sido pior. Desentrosada e aparentemente despreparada fisicamente para o começo de temporada, a equipe londrina não conseguiu competir, algo que não combina com o alto investimento que sua diretoria vem fazendo ano após ano na montagem do elenco.


5. VAR: opiniões divididas

Leicester City v Wolverhampton Wanderers - Premier League

O primeiro contato do torcedor inglês com a tecnologia do árbitro de vídeo foi um verdadeiro choque. Mesmo seguindo um protocolo bem mais eficiente e transparente do que temos em solo tupiniquim hoje – com anúncio nos telões do estádio do que está sendo revisado -, ainda houve brecha para críticas e polêmicas, como o impedimento milimétrico de Sterling contra o West Ham. A adaptação de atletas/torcedores ao novo elemento certamente levará tempo.

Fonte: 90min


Talvez você também goste