Futebol

5 possíveis ‘herdeiras’ para a Rainha Marta no futebol feminino

5 possíveis 'herdeiras' para a Rainha Marta no futebol feminino - 1

Nesta quarta-feira (19), a única rainha que o ​futebol feminino já teve, tem e terá faz aniversário. Seis vezes melhor do mundo e maior artilheira da história das Copas do Mundo, Marta é inigualável, insubstituível e seu legado para a modalidade é eterno/atemporal. Infelizmente, não é eterno o seu tempo dentro das quatro linhas e este, como a própria camisa 10 já admite, esta chegando ao final. Pensando nisso, levantamos cinco grandes atletas abaixo dos 30 anos que têm potencial para, nos próximos anos ‘dominar’ o futebol feminino. Confira:


Ada Hegerberg

 

Olympique Lyonnais v FC Barcelona Women - UEFA Women

 

Provavelmente a principal candidata a emplacar uma ‘dinastia’ na modalidade. De apenas 24 anos de idade, a centroavante norueguesa já tem uma Bola de Ouro em seu currículo (2018), empilha artilharias e taças conquistadas vestindo a camisa do Lyon, principal clube do futebol feminino mundial. Forte, talentosa, exímia finalizadora e letal dentro da área.


Vivianne Miedema

 

Vivianne Miedema

 

A holandesa foi muito importante na campanha do vice-campeonato de sua seleção na Copa do Mundo de 2019 e está ‘voando’ nesta temporada com a camisa do Arsenal, tendo anotado 29 gols em 24 partidas disputadas (somando todas as competições). Tem apenas 23 anos e pelo menos uma década de futebol ainda pela frente. Potencial imenso de ser gigante.


Caroline Graham Hansen

 

Caroline Graham-Hansen

 

Muito técnica, a meia-atacante de 25 anos porta a camisa 10 da Seleção da Noruega e é uma das referências do atual elenco do Barcelona, uma das principais forças do futebol feminino na Europa. Vive uma temporada artilheira tanto pelo clube, quanto por sua Nacional, não à toa é a principal goleadora (10) da atual edição da Eurocopa Feminina.


Sam Kerr

 

Sam Kerr

 

A centroavante australiana de 26 anos é uma ‘fominha’ nata e empilha recordes individuais de artilharia em torneios nacionais nos Estados Unidos, além de ser a maior goleadora da história de sua seleção. Em 2018, ganhou o voto da própria Rainha Marta na eleição para melhor do mundo na modalidade, prêmio que acabou sendo conquistado pela nossa craque.


Debinha

 

FBL-BRA-ARG-WOMEN-FRIENDLY

 

Não poderia faltar uma representante brasileira nesta lista, né? Debinha é um dos nomes mais valiosos da nossa ‘nova geração’ e tem talento suficiente para se tornar uma das melhores jogadoras do futebol feminino mundial em pouco tempo. Está em uma liga bastante competitiva (WNSL) e pode crescer muito na Seleção com Pia Sundhage. Marta, por sinal, já apontou a atacante mineira como uma das candidatas para ser sua sucessora no futuro.

Fonte: 90min