Futebol

Abel Braga aponta 2 motivos que impediram Vasco de contratar; técnico revela contatos com trio

Abel Braga aponta 2 motivos que impediram Vasco de contratar; técnico revela contatos com trio - 1

O Vasco inicia o ano de 2020 buscando qualificar seu elenco, mas não encontra facilidades no mercado da bola. Sob o comando do técnico Abel Braga, oGigante da Colina quer aproveitar a boa arrancada na reta final da última edição do Campeonato Brasileiro e sonhar com voos maiores na temporada. Em meio aos problemas financeiros, o próprio comandante trabalha ao lado da diretoria para viabilizar as chegadas de novos nomes.

 

Na manhã desta quinta-feira (9), em entrevista coletiva, Abel Braga abriu o jogo sobre as movimentações do Vasco e deu um panorama realista da situação. O técnico não revelou nomes, mas apontou os motivos que impediram o Gigante da Colina de anunciar dois reforços.​ “Tá difícil, estou sendo muito verdadeiro. Está um pouquinho complicado. Situações são várias, tinha um jogador que seria bem importante para nós a nível de grupo e de equipe, mas a esposa não quis vir morar no Rio de Janeiro“, disse. 

 

 

Abel Braga

 

“Outro, fica preocupado achando que o Vasco está com problemas exagerados, quando não é bem assim. São problemas sérios, mas não exagerados, todos os problemas aqui estão sendo administrados e controlados. Temos encontrado dificuldades, mas não vamos fugir daquilo que eu conheço como características que o jogador do Vasco precisa ter para cair nas graças da torcida. Não vamos fazer loucuras e aqueles que vier, temos que ter uma margem de erro muito pequena. Se poder ser erro zero, melhor ainda“, adicionou.

 

Com larga experiência e conhecimento no futebol brasileiro, Abel entrou em ação e ligou para três conhecidos. No entanto, a resposta não foi positiva em nenhum dos casos. Sem margem para ‘tiros’ errados, o Vasco confia na base para suprir carências. Isso que me chateou. Eu liguei para três. Com um, praticamente, eu cheguei atrasado, já tinha conversado com outro clube. Foi muito rápido, eu conversei com ele em um dia, dois ou três dias depois ele estava indo para outro clube”, lamentou.

 

“Outros não. Foi um papo, tudo eles querem falar com a esposa, depois elas não querem morar no Rio. Isso aqui (o RJ) é fantástico, os problemas que temos aqui, outros (estados) têm, mas não têm a beleza que nós temos, essa forma de lidar do carioca. Isso tem que contar, mas parece que conta contra para os caras (atletas), tudo bem, paciência. Eles também não têm a noção exata do tamanho que é o Vasco. Deveriam ter prestado mais atenção nestes dois últimos meses, no que o torcedor fez com a equipe, que foi sensacional. Gostaríamos de continuar com essa relação recíproca com mais qualidade, mas, se não tiver, besteira não vamos fazer. Vamos com os garotos, problema zero”, destacou o técnico.

 

 

O único alvo confirmado por Abel foi Uendel, lateral-esquerdo do Internacional. Apesar do pouco espaço em Porto Alegre, o defensor descartou vestir a camisa cruz-maltina. “O Uendel foi o primeiro a ser conversado. Ele não teve nada de não querer vir para o Rio. Ele não quis vir para o Vasco. Pior que estou vendo que ele vai ficar no Inter, que não o quer. É passado, mas foi o primeiro jogador”, completou. 

Fonte: 90min