Futebol

Aos pés de Guimarães: joia do Furacão entra no radar de 5 grandes mercados da Europa

Aos pés de Guimarães: joia do Furacão entra no radar de 5 grandes mercados da Europa - 1

​Para quem não tinha olhado com carinho para o ​Athletico-PR de Tiago Nunes, a primeira partida da final da Copa do Brasil foi o suficiente para os mais desavisados conhecerem Bruno Guimarães. Aos 21 anos, o meio-campista, revelado nas categorias de base do CT do Caju, vive a melhor fase de sua ainda curta carreira e, antes mesmo do jogo da última quarta-feira (11), Atlético de Madrid e Chelsea eram exemplos de gigantes do futebol europeu no radar do rubro-negro. Depois de ontem, então, a fila aumentou consideravelmente.

Informações da repórter Nadja Mauad, do GloboEsporte.com, indicaram que emissários do Chelsea estavam na Arena da Baixada para observar os passos do camisa 39. Não se arrependeram, já que Guimarães foi o autor do gol da vitória atleticana por 1 a 0 contra o Internacional, que garante ao Furacão o título na semana que vem com um empate em Porto Alegre.

 

Bruno Guimaraes

 

Os “Blues” realmente estão interessados em levar o meia do Athletico na próxima janela, porém sabem que a preferência é do Atlético de Madrid, que, com a transferência do lateral Renan Lodi, conseguiu um “pré-acordo” com os dirigentes paranaenses. Ainda assim, o ótimo desempenho de Bruno só faz aparecerem mais concorrentes. Reportagem do ​blog “De Primeira” apurou que o Shakhtar Donetsk, da Ucrânia, entrou na briga para levar o jogador. Ainda não há proposta pelo jogador por parte do time do Leste Europeu.

 

 

Além disso, Bruno é acompanhado de perto por dirigentes da Inter de Milão, da Itália, do Lille, da França, e dos portugueses do Benfica e do Porto. O Atlético de Madrid adquiriu prioridade na compra do meia por cerca de 30 milhões de euros (R$ 135 milhões na atual cotação), mas diante de tamanha evolução os dirigentes do Athletico devem aumentar a pedida. Zenit, da Rússia, e o Shanghai Shenhua, da China, também demonstraram interesse na revelação do CT do Caju. Ele tem vínculo em Curitiba até 2023.

Fonte: 90min