Futebol

Após Veiga, Palmeiras vê “pressão” de Renato por transferência de nova peça ofensiva em dezembro

Após Veiga, Palmeiras vê “pressão” de Renato por transferência de nova peça ofensiva em dezembro - 1

​Palmeiras vai passar por grande reformulação em seu elenco ao término do Campeonato Brasileiro. Por isso, vários clubes do país – com investimento mais modesto – já visam atletas do Alviverde para 2020. Segundo informações ligadas à diretoria do Verdão, mais de 10 jogadores devem deixar a Academia de Futebol. 

 

Willian

 

Um dos setores que deve ter mais baixas é o ataque. Carlos Eduardo, Borja, Deyverson e Henrique Dourado não estão nos planos da diretoria e serão negociados. Além do quarteto, Willian também não foi poupado. De acordo com a página​ ‘Sr. Lunáticos’, O Grêmio tem interesse no camisa 29 e estuda fazer uma proposta de compra pelo Bigode, um dos atletas mais queridos da torcida, mas que caiu muito de produção em 2019.

Willian tem contrato com o Alviverde até dezembro de 2021 e a alta cúpula do Palestra Itália não deve facilitar sua saída. O ponta chegou ao Verdão em 2017 e já disputou 144 partidas, marcando 33 gols. O jogador de 33 anos conquistou o título brasileiro em 2018 e é um dos líderes do elenco.

 

 

O Imortal corre o risco de perder Everton e Pepê nesta janela de transferências e, com isso, já vai ao mercado em busca de substitutos. Além de Willian, os gaúchos também sondaram o centroavante Borja e o meia-atacante Raphael Veiga. Ambos não tiveram muitas oportunidades durante a temporada e o Palmeiras negocia a saída da dupla em definitivo.

Fonte: 90min