Futebol

Após vitória, Jesus responde provocação da torcida do Fortaleza e exalta a Nação em entrevista

Após vitória, Jesus responde provocação da torcida do Fortaleza e exalta a Nação em entrevista - 1

​Foi com drama, foi de virada, mas o Flamengo conseguiu vencer mais uma partida no Campeonato Brasileiro e segue liderando o torneio, oito pontos a frente do vice-líder, Palmeiras. Com muitos desfalques tanto por lesão quanto por suspensão, o ​Rubro-Negro conseguiu se superar e venceu fora de casa o Fortaleza pelo placar de 2 a 1, com gols de Gabriel Barbosa e Reinier. O técnico Jorge Jesus falou após a partida em entrevista coletiva.

FBL-LIBERTADORES-GREMIO-FLAMENGO

 

O Mister respondeu as provocações da torcida do Fortaleza antes da partida. Nas redes sociais, comentava-se que ​quem era do Nordeste não poderia torcer para outro time que não fosse da região.

Felizmente, o Brasil é um país democrático e cada um tem o time que quiser. Se o Flamengo é uma Nação, é porque é um clube nacional. Isso é a história do Flamengo”, exaltou o português.

O treinador foi novamente perguntado sobre seu método de trabalho, que busca priorizar as duas competições que o Fla disputa, sem que os jogadores acabem sendo poupados. “A minha cultura não é poupar. Não tem isso de poupar. Vocês já sabem disso. Descansar domingo? Isso não existe. Temos quinta, sexta, sábado e vamos correr no domingo. Agora, se algum jogador estiver correndo risco de lesão, aí é outra coisa“, relatou o Mister, que não teve Everton Ribeiro, Rafinha, Filipe Luís, Arrascaeta e Bruno Henrique no jogo contra o Fortaleza.

 

 

O comandante flamenguista também falou sobre a jogada do segundo gol, marcado por Reinier. A jogada iniciou-se numa cobrança de lateral. “Hoje foi uma vitória de campeão. Os campeões precisam de sorte e hoje tivemos um pouco de sorte. Vocês podem achar que o segundo gol foi por acaso, mas não foi. Não vou abrir minhas jogadas, mas é um trabalho da equipe”, concluiu o Mister.

Fonte: 90min


Talvez você também goste