Campeonato Brasileiro

Artilheiro do Brasileirão, Marinho poderia ter sido o substituto de Romero no Corinthians; entenda

Marinho no Timão? O Corinthians não tem um ponta incontestável desde que Ángel Romero entrou em conflito com o clube e foi encostado no final de 2018. Sem o velocista, Fábio Carille (treinador do time no ano passado) cobrou a chegada de um outro atacante, que chegou, mas não convenceu. Hoje, mais de um ano e meio depois, Tiago Nunes segue com o mesmo problema para resolver.

Esse imbróglio todo, no entanto, como destaca o portal Meu Timão, poderia ter sido resolvido pouco tempo após os últimos atos do próprio paraguaio no Alvinegro. Isto porque, à época, no dia 2 de dezembro de 2018, mesma data em que o Corinthians perdeu para o Grêmio por 1 a 0, em Porto Alegre, pela 38ª e última rodada do Brasileirão, o clube poderia ter fechado com Marinho.

Marinho
Destaque do Brasileirão, Marinho foi oferecido ao Timão no final de 2018. | Miguel Schincariol/Getty Images

Ex-Imortal, o hoje camisa 11 do Santos não vivia uma boa fase na Arena do Grêmio e foi oferecido ao Timão, que, em troca, cederia o lateral Juninho Capixaba. “Avaliamos e conversamos com os representantes. A situação avançará nos próximos dias mais concretamente”, publicizou Duda Kroeff, vice-presidente do clube gaúcho, após o duelo, conforme recorte do GE.

Cabe notar que proposta não oficial expressada pelo dirigente tricolor, naquele momento, era desconhecida pelos representantes do Corinthians.

Cassio, Marinho
Marinho vive uma grande fase no Santos. | Miguel Schincariol/Getty Images

De todo modo, tenha sido uma possibilidade real ou não, a chegada do camisa 11 poderia ter suprido significativamente a saída de Romero, que, naquele mesmo dia, fez o seu último jogo com a camisa do Corinthians. Desde a saída do paraguaio, que era dono da posição, o clube paulista não tem um titular absoluto para os lados do campo.

Ao longo desses meses – do início de 2019 até hoje –, o Timão fez 22 contratações, mas não conseguiu tampar esse buraco ao nível que se cobra. Vale lembrar que o Grêmio conseguiu comprar Juninho Capixaba tempos depois e que Marinho, envolvido em troca entre o Santos e o Imortal, chegou à Vila Belmiro por apenas R$ 4 milhões mais David Braz.

Quer saber como se prevenir do coronavírus? #FiqueEmCasa e clique ​aqui.

Fonte: 90min