Campeonato Brasileiro

Carga e comercialização: os ajustes finais para os ingressos da decisão da Libertadores

Carga e comercialização: os ajustes finais para os ingressos da decisão da Libertadores - 1

​Voltando ao formato de decisão em jogo único e em campo neutro, a ​​Libertadores 2019 tem quatro gigantes do futebol sul-americano entre seus semifinalistas. Sonhando com o dia 23 de novembro, os rivais River e Boca, e os brasileiros Grêmio e Flamengo, seguem atentos às coordenadas envolvendo a política de ingressos para a final em Santiago.

De torcedor para torcedor: clique aqui e siga o 90min no Instagram!

​​Como destaca o ​Blog do Marcel Rizzo, a Conmebol aumentou a projeção inicial de ingressos destinados às torcidas dos finalistas: de 10 mil para 12 mil entradas, de modo que 50% da capacidade do Estádio Nacional de Chile (24 mil expectadores), em Santiago, será ocupada pelos torcedores dos clube envolvidos na decisão.

Essas cotas exclusivas para torcedores serão de responsabilidades dos próprios clubes envolvidos, que definirão qual política adotarão para sua comercialização. Grêmio ou Flamengo, quem passar da semifinal brasileira, poderá ‘privilegiar’ seus sócios-torcedores interessados em adquirir ingressos para a grande final. Vale lembrar que o ticket para o setor de torcida foi precificado em US$ 80, algo em torno de R$ 334 na cotação atual.

De Arrascaeta,Lucas

A venda geral (50% restante) já foi iniciada e teve altíssima demanda nos primeiros dias de comercialização. Nos próximos dias, a entidade sul-americana vai liberar lotes extras desta categoria, com preços de R$ 615 e R$ 1.025.

Fonte: 90min


Talvez você também goste