Campeonato Brasileiro

Casa itinerante: Brasileirão 2019 deve bater recorde de venda de mandos

Casa itinerante: Brasileirão 2019 deve bater recorde de venda de mandos - 1

​Prática cada vez mais comum no futebol brasileiro, a venda de mandos de campo tem sido um expediente bastante adotado neste Campeonato Brasileiro 2019. A busca por receitas emergenciais tem levado grandes clubes da ​Série A a pontualmente ‘abrirem mão’ dos estádios onde geralmente atuam, negociando jogos com empresas dispostas a pagar bem pelo evento.

De torcedor para torcedor: clique aqui e siga o 90min no Instagram!

​​Como destaca o ​Blog do Marcel Rizzo, o Brasileirão 2019 teve sete vendas de mando de campo somente em seu primeiro turno, quase o dobro do que tivemos em toda a edição do ano passado (quatro). Considerando que ainda há todo o returno ainda pela frente, projeta-se que os onze mandos negociados em 2016, recorde absoluto até então, serão superados com tranquilidade nesta atual temporada.

Dos sete mandos negociados nas primeiras 19 rodadas do Brasileirão, três envolveram o ​Vasco da Gama. O clube carioca atuou uma vez em Manaus, uma vez no Espírito Santo e outra vez em Brasília. A capital federal, onde está situado o Mané Garrincha, é o destino ‘favorito’ dos clubes itinerantes: já recebeu cinco jogos nesta competição, incluindo partidas pesadas como Vasco x Flamengo e Fluminense x Corinthians, esta no último domingo (15).

A arrecadação com cada venda de mando costuma variar, dependendo do acordo firmado entre clube e empresa/grupo que recebe o jogo. O duelo entre Vasco e Corinthians, no Amazonas, rendeu R$ 500 mil aos cofres cruzmaltinos, além dos valores arrecadados com bilheteria. Não houve gastos do clube com translado e hospedagem, bancados pelo contratante.

Há um incômodo nos bastidores da CBF com a frequência dessas vendas, contudo, ainda não há qualquer movimento para impedir esse expediente. Vale lembrar que a entidade vetou a prática para 2017, mas sofreu grande pressão dos clubes e acabou voltando atrás.

Fonte: 90min


Talvez você também goste