Campeonato Brasileiro

Com terceiro pior ataque, Cruzeiro ainda sobrevive por ter melhor defesa do returno

Com terceiro pior ataque, Cruzeiro ainda sobrevive por ter melhor defesa do returno - 1

​Um time que conta com Thiago Neves, Fred, Marquinhos Gabriel e Pedro Rocha, no mínimo, deveria ter um bom desempenho ofensivo. Pois o que acontece no ​Cruzeiro é exatamente o contrário. Brigando para não ser rebaixado, é o setor defensivo que tem superado problemas e garantido a sobrevivência azul no Campeonato Brasileiro. Se o ataque da Raposa é o terceiro pior do returno, a defesa desponta como a melhor.

 

 

 

Até o momento, em 14 rodadas, o Cruzeiro, que havia sido vazado 28 vezes na primeira metade da competição, agora só sofreu oito gols – para se ter uma ideia, o São Paulo, que é o time que menos buscou a bola na rede no torneio, tomou onze no mesmo período. Este bom desempenho aparece mesmo diante de preocupações com alguns jogadores. Na última rodada do primeiro turno, Léo sofreu uma fratura na clavícula, o que o obrigou a ficar longe dos gramados por dois meses. Já no final de outubro, Dedé passou por cirurgia no joelho.  Assim, a zaga perdeu seus dois expoentes e passou a ser formada por Cacá e Fabrício Bruno, que mantiveram o nível dos mais experientes. Os garotos formados na base deram conta do recado. Juntos, foram titulares em cinco dos últimos seis jogos e levaram apenas um gol.

 

 

 

Em compensação, o ataque mantém a inoperância vista no início do Brasileirão. Se no primeiro turno foram 16 bolas na rede, até o momento o time conseguiu furar o bloqueio dos adversários somente dez vezes, ficando à frente apenas do lanterna e já rebaixado Avaí e da Chapecoense, que ocupa a penúltima colocação. Trata-se, sim, de uma equipe de contrastes, que não consegue avançar na tabela mesmo sem ter sofrido gols nas últimas três partidas. Com 36 pontos (o mesmo que ​Ceará e ​Botafogo, que ficam à frente pelos critérios de desempate), a Raposa ocupa o 16º lugar e pode voltar ao Z-4 já nesta rodada – a equipe enfrenta o Santos, fora de casa, no sábado. O ​Fluminense, primeiro time dentro da zona da degola, tem apenas um ponto a menos e pega o ​CSA, em Maceió, na segunda-feira.

Para mais notícias do Cruzeiro, clique ​aqui.

Fonte: 90min


Talvez você também goste