Campeonato Brasileiro

Conservador ou aberto? Carille precisa definir como montará o Timão no clássico

Conservador ou aberto? Carille precisa definir como montará o Timão no clássico - 1

​Já são cinco jogos sem vitória no Campeonato Brasileiro. Nos três primeiros (0 a 0 com o Grêmio, 2 a 2 com o Athletico-PR e derrota por 1 a 0 para o São Paulo), o ​Corinthians ainda utilizava um esquema mais conservador. Contra Goiás (2 a 2) e Cruzeiro (derrota por 2 a 1), o técnico Fábio Carille soltou um pouco mais o time. Os resultados mostram que nenhuma das opções surtiu o efeito desejado, e agora o treinador tem uma semana para decidir o que fará diante do ​Santos.

De torcedor para torcedor: clique aqui e siga o 90min no Instagram!

O clássico, pela 28ª rodada do Brasileirão, será disputado no próximo sábado, em Itaquera. Além de ser um duelo contra um eterno rival, também se mostra um confronto praticamente direto. Com 51 pontos, o Peixe ocupa a terceira colocação. Já o Timão, com o revés do final de semana, foi ultrapassado pelo São Paulo e saiu no G-4, ficando na quinta posição com 44 pontos. Ou seja, se a competição terminasse agora, o clube não teria uma vaga direta à Libertadores do ano que vem.

Mesmo que o tempo seja curto para novas alterações, não é sempre que se possui um espaço de cinco dias exclusivo para treinamentos. Por isso, se pensa, por exemplo, em ajustar novamente o sistema defensivo, que era o forte do Corinthians até poucos dias, mas que tomou sete gols em quatro partidas. “Mudanças requerem não só uma semana de trabalho. Vão ser cinco dias, mas algumas coisas serão feitas. Não tenho o Fagner e o Bruno (Méndez), mas tenho o retorno do Gil. Vamos começar a elaborar. De repente alguma mudança não muito grande, mas temos que conversar internamente para ver se é o momento para isso”, resumiu Carille, que teve sua permanência assegurada pela direção, esfriando boatos sobre uma possível troca na virada do ano.

Para mais notícias do Corinthians, clique ​aqui.

Fonte: 90min


Talvez você também goste