Campeonato Brasileiro

Faixa de protesto contra o VAR gerou paralisação no clássico entre Fortaleza e Ceará

Faixa de protesto contra o VAR gerou paralisação no clássico entre Fortaleza e Ceará - 1

No último domingo (10), ​Fortaleza e ​Ceará protagonizaram um dos Clássicos-Rei mais cruciais da história dos dois clubes. Apesar de não valer título – muito longe disso, na realidade -, o jogo tinha caráter decisivo pela situação dos dois arquirrivais na classificação do Brasileirão: quem ganhasse veria suas chances de rebaixamento serem drasticamente reduzidas, enquanto o derrotado sairia de campo mais próximo do Z-4. Apesar do peso emocional e esportivo em torno da partida, o clássico acabou repercutindo pelo ‘fator arquibancada’.

​​Além da bela festa protagonizada pelas duas torcidas – com direito a um mosaico de cada -, o lado tricolor da Arena Castelão aproveitou o confronto para mandar um recado à CBF e sua comissão de arbitragem, atualmente chefiada por Leonardo Gaciba. Como destaca o ​UOL Esportes, uma faixa com os dizeres ‘Parem! VAR já chega’ foi aberta pela torcida do Leão atrás de um dos gols, protesto que levou o juiz do jogo, o paulista Flávio Rodrigues de Souza, a interromper o andamento da partida.

Em um primeiro momento, a torcida do Fortaleza se recusou a retirar a faixa. A partida só foi retomada após jogadores do time, principalmente o capitão Wellington Paulista, se dirigirem ao setor e pedirem para recolhê-la pelo temor de uma sanção ao clube, mas não sem antes aplaudirem o protesto organizado pelas arquibancadas. O VAR tem sido alvo de críticas e questionamentos por parte da diretoria tricolor e de seu treinador, Rogério Ceni.

Fonte: 90min


Talvez você também goste