Campeonato Brasileiro

Felipe Melo fala pela primeira vez sobre o protesto e se posiciona sobre manifestação

Felipe Melo fala pela primeira vez sobre o protesto e se posiciona sobre manifestação - 1

O clima no ​Palmeir​as deu uma acalmada após o empate contra o Corinthians no último final da semana. A equipe comandada pelo técnico Luiz Felipe Scolari estava sofrendo grande pressão fora das quatro linhas e uma manifestação realizada pela maior torcida organizada do Verdão na semana passada não pegou bem internamente. Vários dirigentes foram contra a manifestação, mas preferiram se calar o movimento não ganhar força. 

Felipe Melo,Dudu

 

Um dos únicos jogadores que não foram alvos dos protestos foi Felipe Melo, que vem sendo o principal atleta do alviverde após a Copa América e, inclusive, tem até feito gols importantes nos últimos jogos, inclusive contra o Godoy Cruz e o Corinthians. Durante entrevista coletiva na tarde desta terça-feira (06) o jogador falou pela primeira vez sobre o protesto e se posicionou contra o ato dos torcedores. 

Eu tenho três anos de Palmeiras, no primeiro ano também teve protesto, no segundo e no terceiro. É questão de educação do povo brasileiro, infelizmente. É um time que ficou um ano sem perder no Brasileiro. É o atual campeão brasileiro, saiu da Copa do Brasil contra um grande rival, no primeiro jogo tivemos oportunidade de ampliar o marcador e no segundo jogo eles foram melhores, mas tivemos oportunidades de fazer gol. Nos classificamos na Libertadores estamos brigando nas primeiras colocações do Brasileiro, e o time é chamado de pipoqueiro. São situações que não vai mudar. Porque olhamos para o lado e vemos um pai que manda o filho de dois anos xingar você no estádio… Como quer que mude? É questão de berço. Cabe aos jogadores trabalhar.” 

 

 

Houve uma reunião entre a comissão técnica, os jogadores e a diretoria palmeirense nos últimos dias e a confiança no trabalho do comandante Felipão continua intacta. O treinador é o principal alvo de parte dos torcedores por não conseguir manter o Palmeiras do mesmo nível que o primeiro semestre. No entanto, Luiz Felipe Scolari ainda tem bastante prestígio internamente e só sairá do alviverde se ele pedir demissão. 

Fonte: 90min


Talvez você também goste