Campeonato Brasileiro

Gabriel lamenta derrota do Botafogo e pede reação dos jogadores: “A corda está no pescoço”

Gabriel lamenta derrota do Botafogo e pede reação dos jogadores: “A corda está no pescoço” - 1

​O Botafogo perdeu mais uma no Campeonato Brasileiro e se complicou cada vez mais na competição. Desta vez, o time não conseguiu furar o bloqueio defensivo do Cruzeiro e os jogadores saíram do Nilton Santos vaiado após a derrota para o Cruzeiro por 2 a 0. Mesmo com pouco tempo de trabalho, Alberto Valentim também foi alvo dos protestos e já está pressionado no cargo técnico botafoguense.

Romarinho,Gabriel

Com o resultado negativo, o ​Fogão estacionou com 33 pontos e está na décima quarta colocação, apenas três pontos para o Fluminense, o primeiro clube integrante na zona de rebaixamento. Após o apito final, o zagueiro (que também atua na lateral direita) Gabriel, concedeu entrevista para os jornalistas e disse que os jogadores não podem mais errar nessa reta final de ano, já que a corda está no pescoço e a pressão só está aumentando.

Começamos o jogo mal, segundo tempo voltamos bem. Mas estávamos naquele dia que nada deu certo. Nossa corda está no pescoço, já perdemos a gordura que tínhamos. Infelizmente, foi um dia atípico. Sofremos o gol cedo, pressionamos na segunda etapa, mas hoje foi aquele dia em que a bola não entrava. Temos que levantar a cabeça. Perdemos um confronto direto. Nessa hora tem que ser forte e ter muita humildade para trabalhar, trabalhar muito. A instituição que a gente representa é muito grande”, desabafou o defensor.

O Botafogo não tem muito tempo para se lamentar e já tenta focar para o confronto contra o Santos, no próximo domingo (03), na Vila Belmiro. Mesmo jogando fora de casa, a equipe de Alberto Valentim terá que conquistar os 3 pontos para não se aproximar cada vez mais do Z-4 do Brasileirão. 

Fonte: 90min


Talvez você também goste