Campeonato Brasileiro

Jorge Jesus admite desejo, mas vê impasse para treinar o Brasil após a Copa de 2022

“Qualquer treinador do mundo gostaria de treinar a Seleção Brasileira, mas penso que não serei eu”. A frase é de Jorge Jesus, técnico do Benfica consagrado no Brasil depois da passagem pelo Flamengo em 2019. Segundo o português, o principal entrave é o fato de ele ser estrangeiro.

Qualquer treinador do mundo gostaria de treinar a seleção do Brasil, mas ela nunca foi treinada por um estrangeiro, então penso que também não vou ser eu. Jorge Jesus, técnico do Benfica

Jorge Jesus admite desejo, mas vê impasse para treinar o Brasil após a Copa de 2022 - 1
Jorge Jesus conquistou a Libertadores e o Brasileirão em 2019 | Wagner Meier/GettyImages

Na verdade, a canarinho já teve o uruguaio Ramón Platero, o argentino Filpo Núñez e o português Joreca na área técnica, mas ambos trabalharam apenas em amistosos em uma época em que era comum clubes representarem a Seleção Brasileira.

Jorge Jesus ficou apenas seis meses no Brasil, mas conduziu o elenco rubro-negro aos títulos daLibertadores e do Campeonato Brasileiro, conquistando os amantes pelo esporte ao apresentar um estilo de jogo com futebol prazeroso de assistir dentro das quatro linhas.

Atualmente, o treinador está em sua segunda temporada com o Benfica e tem a chance de levar o clube português para as oitavas de finais da Champions League 2021/2022, em um grupo formado por grandes equipes como Bayern de Munique e Barcelona.

Jorge Jesus admite desejo, mas vê impasse para treinar o Brasil após a Copa de 2022 - 2
Benfica tem jogo decisivo com Barcelona para definir futuro na Champions League | Gualter Fatia/GettyImages

O próximo jogo do Benfica, de Jorge Jesus, será nesta terça feira (23) diante do Barcelona, no Camp Nou, pela quinta rodada da fase de grupos da Champions League.

Fonte: 90min