Campeonato Brasileiro

O Corinthians deve investir em um técnico novo na reta final da temporada?

O Corinthians deve investir em um técnico novo na reta final da temporada? - 1

​A gora d’água chegou para a diretoria do Timão. Se aos olhos da torcida, a relação de ​Fábio Carille no comando do ​Corinthians já havia dado todos seus frutos, Andrés Sanchéz levou um certo tempo para entender o mesmo. Foi necessário sofrer uma goleada do ​Flamengo, para que o presidente do clube entendesse que não havia espaço para o atual treinador. Agora ex.

 

Mas, a temporada ainda não acabou. Por enquanto, o Timão vai ser comandado pelas mãos do interino, Dyego Coelho. O que pode ser uma solução a curtíssimo prazo, ou não. Manter o treinador substituto até o final do Brasileiro, é uma opção plausível, porém pode significar uma derrocada ainda maior na tabela. Vale ressaltar, que o Corinthians ainda briga para se classificar, nem que seja, na Pré-Libertadores, uma vez que sonhar com o G-4 agora, é ilusão.

O Timão pode seguir dois caminhos: trazer um técnico experiente ainda nesse ano, ou manter Dyego e esperar até o ano que vem. De qualquer forma, os resultados podem ser os mesmos. A essa altura do campeonato (literalmente), uma nova estratégia poderia sequer ser assimilada pelos jogadores. Todavia, vale a pena pagar para ver, visto que jogar a Pré-Libertadores não é o sonho de nenhum time, mas nas atuais circunstâncias do Parque São Jorge, já seria uma vitória gigantesca.

 

 

Fábio Carille caiu tarde demais para um novo ​planejamento ainda nessa ano. O que não significa que deve-se abandonar a temporada. Isso não é postura de um clube com a tradição do Corinthians.

Sobre o novo ​técnico, o mais importante é não repetir os mesmos erros que o antecessor: se abraçar a uma estratégia, e não mudar, mesmo se der errado. O Timão agora precisa de um técnico versátil que vai saber se adaptar ao que vier, e saber alterar de acordo com seus jogadores.

 

FBL-BRAZIL-INTER-PARANAENSE

 

O nome mais falado na imprensa, é o de Tiago Nunesatual técnico do ​Athletico-PR. Hoje, qualquer opção que signifique algo novo, pode ser positivo para o Timão. Caso seja efetivado ainda esse ano, pode ser que Nunes não consiga fazer muita coisa, principalmente comandando um elenco emocionalmente desmoralizado, mas Sanchéz já afirmou que dará tempo para que o treinador consiga desenvolver seu trabalho.

A opção é excelente. Tiago conseguiu resultados expressivos comandando o Furacão. Porém, não é bom para a torcida pensar nele como o salvador da pátria, ou melhor, da Fiel. Hoje, o mais alto grau de vitória seria conseguir terminar o ano dentro do G-6.

Fonte: 90min


Talvez você também goste