Campeonato Brasileiro

Zé Ricardo explica porque optou por deixar D’Alessandro no banco e faz cobrança ao elenco

Zé Ricardo explica porque optou por deixar D'Alessandro no banco e faz cobrança ao elenco - 1

O Internacional não fez mais um bom jogo no Campeonato Brasileiro e perdeu para o Grêmio por 2 a 0. O time entrou para o Gre-Nal em uma rotação abaixo do rival e foi dominado em boa parte dos 90 minutos. A expulsão do goleiro Marcelo Lomba deixou as coisas ainda mais complicadas e o Colorado não teve forças para fazer tentar reverter o placar. Com a derrota, o Inter ficou na sétima colocação com 46 pontos e viu o Grêmio abrir quatro de vantagem.

Maicon,Andres Dalessandro

Muitos torcedores ​colorados criticaram a decisão do treinador Zé Ricardo ter deixado o craque D’Alessandro no banco de reservas e só colocar o meio-campista no decorrer da partida. Durante a entrevista coletiva, o comandante do Internacional explicou sua opção e disse que conversou com o argentino antes da bola rolar.

Utilizamos a estratégia que já vinha sendo utilizada com ele. Conversamos e junto com a preparação física e a fisiologia entendemos que era prudente entrar durante a partida. Nunca falei que ia fazer uma ruptura. A gente pode até voltar a repetir a formação que vinha sendo utilizada. Mas o Inter vinha também em algumas ocasiões jogando no 4-2-3-1. Hoje acabou acontecendo o que a gente não esperava”, disse o treinador.

Zé Ricardo também cobrou o elenco e disse que o time do Internacional precisa ousar e arriscar para garantir uma vaga na Libertadores do ano que vem.

Se a gente não ousar, não arriscar, certamente o desafio vai ficar mais distante. Independente do tempo que eu ficar aqui, a relação é de empregado e empregador. A cobrança é natural. Tem alguma parcela de a gente ter jogado na quinta à noite. Entendíamos que a proposta era ter a posse de bola para não se desgastar principalmente no início. Mas não deu certo. A gente entende que o torcedor está chateado, como nós também estamos. Pode ter certeza que vamos buscar explicações e fazer as cobranças que precisamos fazer”, finalizou.

Fonte: 90min


Talvez você também goste