Futebol

Clubes europeus batem recorde de dinheiro gasto em janela de transferências

Clubes europeus batem recorde de dinheiro gasto em janela de transferências - 1

Ao final de mais uma janela de transferências no mercado europeu, as equipes bateram novo recorde nas contratações. Clubes da Alemanha, Espanha, Inglaterra, Itália e França gastaram mais dinheiro neste período que antecedeu a temporada 2019/20 do que em qualquer outro ano no​ futebol europeu. Com o mercado cada vez mais inflacionado, as cifras seguem batendo grandes recordes.

Eden Hazard

As equipes das cinco grandes ligas somadas gastaram juntas mais de 5 bilhões de euros pela primeira vez na história. O campeonato inglês liderou o ranking, os clubes da ‘Premier League’ gastaram R$ 7 bilhões em contratações. O defensor mais caro da história veio de uma negociação na Inglaterra, que foi a contratação de Maguire pelo Manchester United. O zagueiro custou R$ 404 milhões de reais.

 

A compra mais cara da história do rival do United, o Manchester City, também aconteceu nesta janela. Foi a contratação do meia Rodri pelo valor de R$ 353 milhões. Na Espanha, que gastou mais de R$ 5 bilhões, os destaques foram Griezmann saindo do Atlético de Madrid para o Barcelona por R$ 542 mi e o belga Eden Hazard reforçando o Real Madrid por cerca de R$ 400 milhões. 

O clube merengue por si só merece um destaque especial, já que desembolsou aproximadamente R$ 1,3 bilhão para contar com Mendy, Hazard, Éder Militão, Rodrygo e Jovic. A liga italiana vem logo a seguir no ranking, com R$ 5,3 bilhões investidos, com destaque para o zagueiro de Ligt, contratado pela Juventus por R$ 340 mi. Fechando a lista, os times da Alemanha gastaram R$ 3,3 bilhões enquanto a liga francesa desembolsou R$ 3 bi pelos seus reforços.

Fonte: 90min


Talvez você também goste