Futebol

De saída do Athletico, jogador é bancado por Tiago Nunes: “A não ser que venha ordem da direção”

De saída do Athletico, jogador é bancado por Tiago Nunes:

​O ​Athletico-PR está realizando mais um grande ano sob o comando de Tiago Nunes e já está garantido na fase de grupos da próxima edição da ​Copa Libertadores da América por conta do título da Copa do Brasil. Nesta reta final de temporada, já planejando o ano de 2020, sabendo da possibilidade de perder jogadores, o técnico está focado em deixar a equipe entre os primeiros colocados do Campeonato Brasileiro.

 

De olho na próxima temporada, o Furacão já sabe que não poderá mais contar com um jogador que ganhou espaço na equipe. Trata-se de Marcelo Cirino, que já revelou, em entrevista, que não vai renovar seu contrato, encerrando uma história de 11 anos no clube. Mesmo na reta final do vínculo, o camisa 10 está bem cotado com Tiago Nunes e será mantido no titular, só devendo perder sua vaga em caso de intervenção da diretoria.

 

Marcelo Cirino,Braian Romero

 

“Todo jogador que tem contrato com o Athletico, eu observo da mesma maneira. Independente se ele vai sair ou não, eu tento valorizar o esforço que ele tem no dia a dia. O Marcelo se esforça no dia a dia para merecer jogar. Os outros também se esforçam, mas creio que o momento dele é melhor e ele vai continuar jogando, a não ser que venha uma ordem da direção que ele não possa mais jogar pelo Athletico“, disse o treinador, segundo relatou o site ​Globoesporte.com.

Reserva no início da temporada, em um ataque recheado, que conta com nomes como os titulares Rony e Nikão, além de Thonny Anderson, Marco Ruben, Braian Romero, Pedrinho e Vitinho, Marcelo Cirino ganhou seu espaço para virar peça-chave após o meio do ano. O atacante, de 27 anos, acumula 39 partidas e oito gols em 2019. Neste ano, ficou marcado pela linda jogada e assistência que resultou no gol de Rony contra o Internacional, no Beira-Rio, no jogo da volta da final da Copa do Brasil.

 

 

“Vocês vão lembrar bem que, até pelo menos o mês de maio ou junho, ele não foi titular do time. É um jogador que entrava, contribuía, mas jogou algumas poucas partidas. Como falei em outros momentos, o Athletico tem mais chances de fazer o gol com ele em campo. Isso é uma questão estatística e comprovada pelo número de finalizações que ele tem, a presença de área que ele dá. Fico feliz que eu possa ter contribuído com esse processo de melhora dele”, completou Tiago Nunes.

Fonte: 90min


Talvez você também goste