Futebol

Declaração de dirigente cruzeirense motiva Vasco para jogo “de vida ou morte”

Declaração de dirigente cruzeirense motiva Vasco para jogo

Poderia ser apenas mais um ​confronto entre Vasco da Gama e Cruzeiro. Mas não é. Com a Raposa afundada na zona de rebaixamento, o duelo desta noite, em São Januário, é encarado quase que como de vida ou morte pelo lado do clube mineiro. E, se os cariocas estão praticamente de sangue doce, uma declaração vinda de Belo Horizonte faz a partida também ter um gostinho especial para eles.

 

 

No mês passado, Zezé Perrella, presidente do Conselho Deliberativo do​ Cruzeiro e também responsável pelo futebol do clube, disse à TV Alterosa que a instituição estava “caminhando a passos largos para virar um…com todo respeito…​Vasco da Gama ou uma Portuguesa”. E isso, por óbvio, não foi bem digerido no Rio de Janeiro. Na ocasião, o presidente do Conselho de Beneméritos da equipe cruzmaltina, Silvio Godoi, emitiu uma nota repudiando as palavras e lembrando até mesmo um fato ocorrido em 2013, quando um helicóptero da família do dirigente rival foi apreendido com mais de 400 quilos de cocaína. Já o Twitter do Vasco, de forma menos belicosa, postou apenas a figura de um helicóptero.

 

 

Diante deste cenário, Perrella acabou pedindo desculpas um dia após. “Queria aproveitar para dizer aos vascaínos que eu respeito demais esse clube, um dos maiores do Brasil. Eu usei como exemplo para representar gestões desastradas que levaram um clube que todo ano brigava por título a brigar para não cair”, disse, à TV Globo. O Vasco, que tem como objetivo real a conquista de uma vaga para a Copa Sul-Americana de 2020, tem nas suas mãos a chance de deixar o adversário ainda mais perto da Série B. No momento, o Cruzeiro ocupa a 17ª colocação com 36 pontos, dois a menos que o Ceará, primeiro time fora do Z-4. A partida se inicia às 20h.

Fonte: 90min


Talvez você também goste