Futebol

E agora? Perguntas e respostas envolvendo a sanção do Manchester City

E agora? Perguntas e respostas envolvendo a sanção do Manchester City - 1

​Em uma decisão chocante anunciada na última sexta (14), ​o Manchester City foi suspenso de competições da UEFA por duas temporadas, por desrespeitar as regras de Fair Play Financeiro importas pela entidade. Por se tratar de uma punição pesada e que envolve um clube poderoso, o burburinho é grande e o debate ainda maior. Por isso, listaremos a seguir uma série de perguntas e suas respostas acerca do caso.

 

Fernandinho,Nicolas Otamendi

 

O que é o Fair Play Financeiro?

O Fair Financial Play [Fair Play Financeiro, em tradução livre] é uma regra da UEFA que obriga os clubes a controlar seus gastos e manterem-se atualizados com todos os seus pagamentos junto à outras entidades, como clubes, empresas e a Agência Tributária que opera no país de origem do clube em questão.

Por que eles puniram o Manchester City?

O Manchester City não cumpriu o Fair Play Financeiro. Entre 2012 e 2016, a equipe azul de Manchester apresentou irregularidades em suas contas. O patrocínio da Etihad foi estimado em 75 milhões de euros, mas na realidade era de apenas 10 milhões. O restante foi contribuído fraudulentamente pelo proprietário com capital de outras empresas não declaradas. Além disso, a UEFA acusa o clube de não colaborar com a investigação.

 

Pep Guardiola

 

Qual foi a pena recebida pelo Manchester City?

A UEFA costuma primeiro alertar os clubes para atualizar suas obrigações. Na falta de solução da fraude, o Manchester City passará dois anos impedido de disputar as competições da UEFA, além de uma multa econômica de 30 milhões de euros.

A sanção contra o Manchester City é definitiva ou cabe recurso?

A sentença não é derradeira. O Manchester City tem a possibilidade de recorrer ao Tribunal de Arbitragem do Esporte (TAS) e já declarou, publicamente, que o fará.

 

Raheem Sterling,Sergio Aguero

 

Quais são as consequências imediatas?

A sanção não passa a valer para esta edição atual da ​Champions, ou seja, o Manchester City concluirá normalmente sua participação europeia em 2019/20. A penalidade é aplicada a partir da próxima temporada. Se a equipe azul terminar a Premier League entre os quatro primeiros colocados, o quinto classificado herda a vaga, enquanto o sexto garante classificação à Liga Europa. Se conquistar a Champions 2019/20, o outro finalista será o ‘defensor do título’.

Já houve precedentes semelhantes?

Sim. O caso mais recente era o do Milan, que não joga esta edição da Liga Europa por conta de uma sanção. O próprio Manchester City já foi multado na temporada de 2014 com 55 milhões de euros e um limite de gastos. Para conferir outros casos de punições severas, clique ​aqui.

Fonte: 90min