Futebol

Em alta, Nathan se manifesta sobre continuidade no Atlético-MG para 2020

Em alta, Nathan se manifesta sobre continuidade no Atlético-MG para 2020 - 1

A chegada de Vagner Mancini ao ​Atlético-MG com um contrato até dezembro foi pensada em um único objetivo: salvar a temporada como um todo. A única forma de o Galo alcançar tal objetivo é com uma vaga na Libertadores de 2020, façanha que estava palpável até o término do primeiro turno do Campeonato Brasileiro – e com chances de título na Copa Sul-Americana até então. Com uma derrocada surpreendente, todavia, o clube caiu para a segunda parte da tabela, aproximando-se, inclusive, da zona de rebaixamento.

Nos primeiros dois jogos à frente do Atlético, Mancini conseguiu um empate amargo com o CSA, em Maceió, mas uma vitória importantíssima contra o terceiro colocado Santos por 2 a 0, no último domingo (20), reacendeu a esperança na Cidade do Galo mais uma vez. Faltando agora 11 partidas para o fim do Brasileirão, os mineiros ocupam apenas a 12ª posição, com 35 pontos, a sete de retornar ao tão sonhado G-6. 

 

Nathan

 

Um dos jogadores que vem ganhando espaço nas últimas partidas do Atlético-MG e que pode ajudar no plano de Mancini é Nathan. O meia de 23 anos tem tido grandes atuações mesmo na má fase do clube e começou a despontar no empate por 1 a 1 com o Palmeiras, no Allianz Parque, onde arrancou pelo meio da defesa alviverde e marcou um golaço ainda na etapa inicial. O camisa 23 foi titular no triunfo com o Santos e já anunciou à diretoria que tem o desejo de permanecer no clube em 2020. 

 

“Ainda não teve nenhum avanço, mas já expressei minha vontade para o meu pai, para os meus empresários. Minha vontade é ficar aqui. Criei uma identificação muito grande com a torcida, com o Atlético-MG. Fico feliz que as coisas vão andando para o caminho certo”, disse Nathan recentemente. Revelado pelo Athletico-PR, o meia tem seus direitos econômicos ligados a Chelsea, da Inglaterra, e está emprestado ao Galo Mineiro até 1 de janeiro de 2020.

De acordo com o ​site GloboEsporte.com, a diretoria do Atlético-MG já se movimenta nos bastidores para tentar a permanência de Nathan também na próxima temporada. No contrato, há uma cláusula em que o Chelsea estipula a opção de compra, porém os valores são fora da realidade do clube brasileiro. Como o meia tem vínculo no clube de Londres expirando em 30 de junho do ano que vem, uma alternativa seria esperar os últimos seis meses e assinar um pré-contrato com o jogador, mas, nesse período, qualquer outra equipe, principalmente os com poderio financeiro maior, poderia contratá-lo. 

 

 

Dessa forma, o diretor de futebol do Galo, Rui Costa, busca entrar em acordo com o Chelsea nas próximas semanas para fechar novo empréstimo. O Atlético-MG confia na boa relação com os ingleses e, principalmente, com o desejo do próprio Nathan para garantir a estadia do atleta em Belo Horizonte também em 2020. Em boa fase, o meio-campista deve ser titular novamente no próximo domingo (27) em partida contra o São Paulo, no Morumbi. 

Fonte: 90min


Talvez você também goste