Futebol

Escolhido como capitão da seleção, Bruno Guimarães fala sobre deixar o Athletico-PR

Escolhido como capitão da seleção, Bruno Guimarães fala sobre deixar o Athletico-PR - 1

​Após despertar a atenção do técnico André Jardine, o meio-campista Bruno Guimarães, do​ Athletico-PR, foi escolhido para ser o capitão da seleção pré-olímpica na estreia deste domingo, contra o Peru, em Armênia, na Colômbia. O atleta de 22 anos tem despertado o interesse de outros clubes e está sendo bastante especulado no mercado nos últimos dias, ​de acordo com o site Uol.com.

 

O Benfica, de Portugal, foi um dos times que se mostrou interessado em contar com o futebol do atleta do Furacão. Além disso, em dezembro, o Atlético de Madri era dado como destino certo do jogador, porém as tratativas não avançaram. Concentrado com a competição, o meia tenta ignorar o assunto e focar na seleção. “Peço para meus empresários me passarem o mínimo possível sobre isso. Estou super focado aqui. Então, na real, eu esqueço para levar o Brasil para as Olimpíadas”, disse o atleta durante uma coletiva.

 

Bruno Guimaraes,Rodrigo Lindoso

 

O jogador, que tem contrato até fevereiro de 2023 com o Rubro-negro, também destacou que está preparado para assumir o lugar de capitão. “Eu fui capitão algumas vezes no Athletico. Mas fico feliz, porque é outro patamar ser capitão da seleção. Fico lisonjeado, espero dar o meu melhor em campo”, ressaltou o meio-campista. Atualmente, o atleta é avaliado no mercado em 20 milhões de euros, cerca de R$ 92 milhões.

 

 

Durante a entrevista, o meia também relatou que a função do capitão é auxiliar o treinador. “O capitão tem que ser um cara que está aí para ajudar o grupo dentro e fora de campo, escutar o professor, talvez alguma ideia que ele não conseguir esclarecer tão bem para os jogadores eu possa explicar dentro de campo para os atletas. Entender a maneira de jogar, saber os princípios defensivos da equipe, essa é a função do capitão”, finalizou o jogador.

Fonte: 90min