Futebol

Grêmio define preço para vender Guilherme

Grêmio define preço para vender Guilherme - 1

​O ​Grêmio, como acontece em todo o final de ano, terá o retorno de muitos jogadores que estavam emprestados. Próxima de definir a permanência do técnico Renato Portaluppi, a diretoria já começa a encaminhar o futuro dos atletas que serão novidade no início da pré-temporada. O grande destaque entre aqueles que estava cedidos para outros clubes foi Guilherme, que vestiu a camisa do Sport.

Artilheiro da Série B, o atacante foi peça-chave do Leão na conquista do acesso para a Série A do Brasileirão. Agora, curte férias enquanto aguarda uma definição para sua carreira. “Tivemos um ano abençoado e fico feliz por ter ajudado o Sport a conquistar nosso objetivo na temporada. Agora é descansar o corpo e a mente e deixar meu empresário tratar sobre o meu futuro com os responsáveis“, disse, em​ entrevista ao site Globoesporte.com.

 

Guilherme,Makton

 

Mesmo com o desejo de ficar na Ilha do Retiro, Guilherme muito dificilmente atuará pelo Sport em 2020. A intenção da diretoria do Grêmio, que está atrás de recursos para qualificar a equipe do técnico Renato Portaluppi, é arrecadar fundos com negociação e a valorização na Série B deve ajudar nos planos. O Tricolor Gaúcho espera receber uma proposta acima dos R$ 4 milhões, valor que é considerado inatingível pelo clube pernambucano, que tem problemas financeiros.

Ao logo da temporada, o atacante despertou o interesse de outros clubes do país, como Cruzeiro, Atlético-MG e Vasco. O destino, no entanto, deve ser o futebol do exterior. A preferência de Guilherme, de acordo com seu empresário, Vinicius Prates, é atuar na Europa. Clubes da Itália, Espanha, Portugal e Japão, além do Brasil, teriam feito contatos para conhecer a situação do atleta.

 

 

A expectativa é que nas próximas semanas, com a aproximação de mais uma janela de transferências, o presidente gremista, Romildo Bolzan Júnior tenha propostas em sua mesa para definir a situação. “Os torneios ainda estão em andamento, até o momento, só sondagens. Deve chegar alguma coisa para o final do ano“, destacou o agente, em​ contato com a reportagem de GaúchaZH.

Fonte: 90min