Libertadores

7 times que disputaram a Libertadores mesmo estando na segunda divisão

7 times que disputaram a Libertadores mesmo estando na segunda divisão - 1

​Recentemente a CONMEBOL notificou que somente poderão participar da ​Copa Libertadores as equipes que disputam a primeira divisão da liga nacional de seus respectivos países. A decisão, é claro, não agradou nem um pouco os clubes e por isso a entidade máxima do futebol sul-americano acabou voltando atrás nesta ideia. A alegação das equipes (acatada pela CONMEBOL) é de que o veredito prejudicaria diversos times que disputam por exemplo a Copa do Brasil e a própria Libertadores (caso uma equipe vença a competição e acabe rebaixado no campeonato nacional).

Ao longo da história, existiram alguns casos como estes, de clubes que participaram do principal torneio do continente mesmo estando em divisões inferiores. Portanto, listamos abaixo 7 vezes em que isso aconteceu. Confiram!


Criciúma – 1992

7 times que disputaram a Libertadores mesmo estando na segunda divisão - 2

Os catarinenses disputaram a Copa Libertadores em 1992 sob o comando de ninguém menos que Luiz Felipe Scolari. Apesar de estar na segunda divisão, o Criciúma conquistou a Copa do Brasil em 1991 e assim garantiu sua vaga para a competição. Foi líder de seu grupo, passando pelo Sporting Cristal na oitavas de final. Chegando às quartas, caiu diante do São Paulo, campeão daquele ano.


Santo André – 2005

7 times que disputaram a Libertadores mesmo estando na segunda divisão - 3

Assim como no caso do Criciúma, o Santo André também conseguiu sua vaga para a Libertadores de 2005 por ter sido campeão da Copa do Brasil, em cima do Flamengo em 2004. Acabou eliminado ainda na fase de grupos, quando disputava com Cerro Porteño, Palmeiras e Deportivo Táchira.


Paulista de Jundiaí – 2006

Oscar Ahumada (L), of Argentina

No ano seguinte, foi a vez do Paulista conquistar o segundo maior título nacional, quando bateu o Fluminense na final. A equipe acabou disputando a Libertadores em 2006 mesmo estando na segundona. Terminou em quarto de seu grupo, apesar de ter vencido o gigante River Plate.


Jorge Wilstermann – 2011

Internacional (BRA) v Jorge Wilstermann (BOL) - Copa Santander Libertadores 2011

Saímos do Brasil para a Bolívia onde outro caso como este aconteceu. A equipe do Jorge Wilstermann havia conquistado o Torneio Apertura em 2010, que dá uma vaga para a Copa Libertadores ao vencedor. Porém, uma campanha desastrosa do clube o rebaixou no campeonato seguinte. Mesmo assim, o time disputou o torneio continental em 2011 e terminou em último do grupo, atrás de Internacional, Jaguares e Emelec.


Palmeiras – 2013

Palmeiras v Boa Esporte - Brazilian Series B 2013

Um dos maiores elencos da atualidade no Brasil viveu momentos difíceis em 2012, terminando em 18º no Brasileirão. Foi consequentemente rebaixado para a segunda divisão. Todavia, naquele mesmo ano, foi premiado com uma vaga para a Libertadores em 2013 por ter sido campeão da Copa do Brasil no ano anterior. Acabou caindo nas oitavas de final diante do Tijuana, do México.


Santiago Wanderers – 2018

FBL-LIBERTADORES-SANTAFE-WANDERERSCHI-TEAM

O Santiago Wanderers conquistou sua vaga para a Libertadores de 2018 quando venceu a Copa do Chile em 2017. Após perder uma partida diante do Unión La Calera, que decidiria qual dos dois times iria deixaria a elite do futebol chileno, acabou rebaixado. Na competição continental, caiu na terceira fase contra o Independiente Santa Fe e não chegou à fase de grupos.


Tigre – 2020

Boca Juniors v Tigre - Copa de La Superliga 2019

Apesar de ter sido campeão da Superliga Argentina em 2019 diante do gigantes Boca Juniors, a equipe do Tigre não conseguiu escapar do rebaixamento por meio do critério do promedio. Porém, se classificou para a Libertadores de 2020 justamente por ter ganhado esse torneio.

Fonte: 90min


Talvez você também goste