Libertadores

Quatro gigantes e nenhum favorito: semifinais da Libertadores vão pegar fogo

Quatro gigantes e nenhum favorito: semifinais da Libertadores vão pegar fogo - 1

​De um lado, os dois grandes clubes argentinos. Do outro, o time de maior torcida do Brasil e aquele que tem os melhores números do País na história da Libertadores. Sim, as semifinais do maior torneio do continente sul-americano serão de pegar fogo.

De torcedor para torcedor: clique aqui e siga o 90min no Instagram!

 

Gabriel Barbosa

 

O River Plate defende o título conquistado no ano passado e tem uma equipe bem ajustada, difícil de ser suplantada – tanto é que está invicto até aqui na competição. O Boca Juniors traz consigo a mística de um digno representante daquele futebol de bravura característico da região. O ​Flamengo, por sua vez, investiu pesado para formar um elenco recheado de estrelas e que começa a encantar. E o ​Grêmio une a raça gaúcha a jogadores com alto poder de decisão.

 

FBL-LIBERTADORES-BOCA-RIVER

 

Se olharmos apenas para o lado técnico, é possível dizer que River e Flamengo levam vantagem. Agora, em termos de competitividade, Boca Juniors e Grêmio ainda estão à frente. Ou seja, é impossível, neste momento, colocar favoritismo para um lado ou outro. Todos são gigantes, todos mereceram chegar entre os quatro melhores, todos possuem virtudes e defeitos. Mas, acima de tudo, todos querem fazer história mais uma vez.

 

FBL-LIBERTADORES-PALMEIRAS-GREMIO

 

Ainda falta um pouco, afinal, somente nos dias 2 e 3 de outubro é que teremos as partidas de ida. Mas, desde já, o coração começa a bater mais acelerado. Boca, River, Flamengo e Grêmio…quem chegar a Santiago do Chile para a grande decisão do dia 23 de novembro poderá se gabar dizendo que eliminou, além de um rival, um poderoso candidato a erguer troféu.

Fonte: 90min


Talvez você também goste