Libertadores

Resumo: a quarta dos times brasileiros na Libertadores e na Sul-Americana

Resumo: a quarta dos times brasileiros na Libertadores e na Sul-Americana - 1

​Na noite desta quarta (24), a bola rolou por importantes duelos de mata-mata continental. Pelas oitavas da ​Copa Lib​ertadores, três clubes da Série A estiveram em ação: Internacional, Flamengo e Athletico Paranaense. Pela Sul-Americana, um duelo 100% brasileiro entre Botafogo e Atlético-MG, duas forças muito tradicionais do país. Confira a seguir um breve resumo sobre cada uma dessas partidas, bem como informações gerais dos jogos da volta:

Já segue a gente no Instagram? Clique aqui e venha para a Casa dos Torcedores!

​​Nacional (URU) 0 x 1 Internacional

FBL-LIBERTADORES-NACIONALURU-INTER

Abrindo os confrontos de brasileiros na noite, o ​Internacional foi à Montevidéu e encarou uma das camisas mais pesadas do continente. Gigante que é, o clube gaúcho não se intimidou e fez jogo parelho, marcado pela entrega e pela intensidade das duas equipes. Poucas foram as chances claras de gol, com os dois sistemas defensivos prevalecendo durante 89′ minutos… Quando tudo caminhava para um empate sem gols, Wellington Silva fez bela jogada individual pelo lado esquerdo do ataque e achou Guerrero sozinho dentro da grande área. O peruano não perdoou e sacramentou o ótimo 1 a 0 para o Colorado, excelente vantagem para a volta no RS.

Jogo da volta: Quarta-feira (31), às 19h15 de Brasília, no Beira-Rio


Athletico Paranaense 0 x 1 Boca Juniors

Ramón Ábila,Márcio Azevedo

Possivelmente um dos confrontos mais parelhos e aguardados desta fase de oitavas de final, Athletico e Boca Juniors fizeram uma partida nervosa na Arena da Baixada, com os xeneizes assustando primeiro com Ábila e os rubro-negros respondendo com Rony. Os goleiros Santos e Andrada fizeram intervenções importantes e colaboraram para o 0 a 0 persistisse no marcador por 85 minutos, até que Mac Allister abrisse o placar pros visitantes em belíssimo finalização de média distância. Já no apagar das luzes, o incansável Rony foi derrubado na área e o árbitro assinalou pênalti com auxílio do VAR, mas Marco Ruben carimbou a trave e perdeu a maior chance de impedir o revés do Furacão. 1 a 0 pro Boca e situação delicada pro time brasileiro.

Jogo da volta: Quarta-feira (31), às 21h30 de Brasília, em La Bombonera


Emelec (EQU) 2 x 0 Flamengo

Romario Caicedo,Gerson

Com uma escalação bastante inesperada e totalmente inédita na temporada – Cuéllar no banco, Rafinha atuando de ponta e Rodinei na lateral-direita -, o ​Flamengo teve 30 minutos iniciais muito ruins em Guayaquil, saindo atrás do marcador logo na primeira chegada de perigo do rival equatoriano. Acalmando os ânimos, o time carioca foi entrando na partida gradualmente, assustando duas vezes com Gabigol ainda na etapa inicial. No segundo tempo, a torcida rubro-negra chegou a se animar com a expulsão (justa!) de Vega, mas o que se viu em campo foi um Flamengo completamente perdido, sem saber aproveitar a vantagem numérica. Em um contra-ataque mortal, o time da casa chegou ao seu segundo gol com Romário Caicedo, abrindo vantagem considerável no confronto.

Jogo da volta: Quarta-feira (31), às 21h30 de Brasília, no Maracanã


Botafogo 0 x 1 Atlético-MG

FBL-SUDAMERICANA-BOTAFOGO-MINEIRO

No único jogo de Sul-Americana da noite, o ​Botafogo recebeu o Atlético-MG no Estádio Nilton Santos, mas a primeira etapa mais fez parecer que os visitantes eram, na verdade, os donos da casa. Acuado e errando demais, a equipe carioca quase sofreu gol cedo de Ricardo Oliveira, mas testemunhou o centroavante perder chance inacreditável. O mesmo enredo não se repetiu aos 31′, quando Benevenuto errou saída de bola e Vinícius não perdoou, abrindo o placar para o ​Galo. Na segunda etapa, a imposição atleticana se manteve e o segundo gol chegou a ser celebrado, mas posteriormente anulado pelo VAR. Trave e Gatito salvaram o Glorioso em outras chances claras dos mineiros, fazendo o revés por 1 a 0 ‘lucro’ para o time de Barroca.

Jogo da volta: Quarta-feira (31), às 21h30 de Brasília, no Independência

Fonte: 90min


Talvez você também goste