Futebol

Manchester City teria feito proposta irrecusável por Everton; Grêmio é dono de 50% do valor

Manchester City teria feito proposta irrecusável por Everton; Grêmio é dono de 50% do valor - 1

Com Everton jogando o melhor futebol da carreira e se destacando na Seleção Brasileira durante a Copa América, o técnico Renato Gaúcho tem consciência de que segurar o atacante nessa janela de transferência se torna uma missão cada vez mais árdua. A cada dia que se passa mais rumores aparecem de que gigantes da Europa vão levar o camisa 11 do ​Grêmio. Nesta quarta-feira (26), não foi diferente.

De acordo com a imprensa italiana, o Manchester City, a pedido do técnico Pep Guardiola, ainda pretende contar com o atacante gremista em seu elenco para a próxima temporada. A informação foi dado pelo jornalista ​Nicolo Schira, do jornal italiano “La Gazzetta dello Sport, que detalhou ainda mais: “The Citizens” pretendem pagar ao Imortal um total de 40 milhões de euros – aproximadamente R$ 175 milhões na cotação atual.

Everton

E tem mais: Everton ganharia algo em torno de 4,5 milhões de euros por temporada – cerca de R$ 20 milhões -, além de bonificações por convocações para a Seleção Brasileira e títulos e gols pelo City num contrato até 2024. Vale lembrar que o Grêmio possui 50% dos direitos do “Cebolinha”, portanto ganharia cerca de R$ 87,5 milhões na transação caso a proposta se concretizar. 

Na última renovação de vínculo com o Grêmio, Everton viu sua multa rescisória ser estipulada em 60 milhões de euros, praticamente o dobro da cifra no acordo anterior, o que deve dificultar a transferência por parte da direção do Imortal. Ainda nesta quarta, o presidente Romildo Bolzan Jr. negou, em entrevista à Rádio Guaíba, conhecimento da oferta dos ingleses.

“Não chegou nenhuma proposta pelo Everton. Concretamente nada chegou. Esse é um quadro verdadeiro e é o que existe hoje e tomara que a gente fique assim até o fim do ano”, declarou o presidente do Grêmio. Ele faz por merecer. Ele é uma grande pessoa e um grande jogador. Se acontecer isso, de ele sair, será por merecimento. Tem que ser algo bom para as duas partes”, completou.

“Tomara que não tenha nada de propostas ao Everton. É meu sonho de consumo como presidente do Clube”, torce Bolzan. O “Cebolinha” tem vínculo em Porto Alegre até dezembro de 2022. A janela de transferências para a Inglaterra já está aberta desde 11 de junho e deve agitar ainda mais os bastidores na Arena do Grêmio. 

Fonte: 90min


Talvez você também goste