Futebol

Mancini segue focado na Libertadores e Marquinhos faz cobrança ao Atlético-MG após clássico

Mancini segue focado na Libertadores e Marquinhos faz cobrança ao Atlético-MG após clássico - 1

Em um clássico bem longe das expectativas que envolvem os dois maiores clubes de Minas Gerais, Cruzeiro e ​Atlético-MG ficaram no empate sem gols e continuam ameaçados de rebaixamento no Campeonato Brasileiro. Mais para a Raposa, é verdade, que tem 35 pontos, dois apenas acima do Z-4. Já o Galo soma 40 e se vê envolvido na missão de permanecer na Série A, mas com esperanças de chegar à zona de classificação para a Libertadores.

Hoje o time comandado por Vagner Mancini está em 12ª posição, a nove pontos do Internacional, hoje o último com vaga garantida via-Brasileirão. Em entrevista coletiva pós-jogo, o treinador do Atlético comentou sobre o dilema vivido pela situação na tabela. Mais uma vitória nos dá uma chance de dar uma boa respirada na tabela, poder sair dessa turma que quer nos agarrar. A partir daí, sim, buscar nos últimos cinco, seis jogos pontos importantes que podemos nos levar a uma outra meta. Ainda é possível pensar em G-6. A partir do momento que tira um peso das costas, você pode jogar de uma forma diferente, mais ofensivo”, explicou. 

 

Vagner Mancini

 

O discurso de adotar uma postura mais ofensiva também fez parte das entrevistas do jovem Marquinhos. O garoto de 20 anos jogou no sacrifício – entrou na reta final do segundo tempo do clássico – após sofrer um edema na coxa esquerda na vitória contra o Goiás, no meio de semana. Na zona mista, ele até carregava um aparelho de reabilitação muscular. “Acho que todo ponto é válido para o Atlético, mas creio que poderíamos ter sido mais agressivos, com uma postura mais ofensiva”, destacou o meia.

 

 

No próximo sábado (16), o Atlético-MG vai ao Rio de Janeiro encarar o Fluminense a partir das 19h (horário de Brasília). Os reservas e os atletas que entraram no decorrer do clássico vão se apresentar nesta segunda (11) na Cidade do Galo, enquanto que o titulares devem fazer trabalhos internos na academia. Além do Flu, o Atlético tem ainda até o término do Brasileiro os seguintes adversários: Athletico-PR (em casa), Bahia (fora), Corinthians (em casa), Botafogo (em casa) e Internacional (fora). 

 

​Foto: Bruno Cantini/Atlético/Divulgação

Fonte: 90min


Talvez você também goste