Futebol

Mundial e novo calendário geram “queda de braço” entre Fifa e confederações

Mundial e novo calendário geram

​O cenário deixa claro. Está criada uma disputa de poder entre confederações continentais e a Fifa. E o principal objetivo é mais claro ainda: Conmebol e Uefa querem ter voz ativa para formatam um novo calendário internacional para os clubes, que deverá passar por uma revisão geral a partir de 2024.

 

FBL-JUSTICE-FIFA-THA-BRN-AUS-REFUGEE

A entidade que comanda o futebol mundial, como destaca o ​blog do Rodrigo Mattos, tem interesse em formalizar uma tabela que harmonize as competições de todos os continentes, respeitando as peculiaridades locais. No entanto, as confederações, ao que tudo indica, acreditam estar sendo pouco ouvidas pela cúpula da Fifa, por exemplo, nas decisões a respeito do novo Mundial, que passará a ser disputado de quatro em quatro anos a partir de 2021. A Conmebol se viu alijada de um encontro realizado para discutir este torneio, enquanto a Uefa acredita que o mesmo pode afetar diretamente a Liga dos Campeões, seu principal produto.

 

FBL-QAT-FIFA-CLUB-WORLD-CUP-LIVERPOOL-FLAMENGO

 

Sim, são rusgas que já produzem efeitos práticos. Conmebol e Uefa, após uma reunião privada, emitiram um comunicado em que abrem a possibilidade de discutir a organização de partidas intercontinentais. Muito embora a retomada do antigo Mundial Interclubes, a partir de 2022, não tenha sido citada para não se tomar isso como uma ameaça ou afronta, fica claro que existem desavenças. Aliás, dirigentes da Concacaf (confederação que une América do Norte, Central e Caribe) e da África mantiveram contato com as outras duas entidades, o que só mostra que o descontentamento com as posições de Gianni Infantino, presidente da Fifa, é bastante ampla.

 

FBL-CONMEBOL-MEETING-DOMINGUEZ

 

Trata-se um “aviso”. Como, em março, haverá uma reunião do Comitê Executivo da Fifa no Paraguai, é provável que ali possa se tirar uma nova “febre” a respeito desta queda de braço. E, possivelmente, definições concretas sejam anunciadas.

Fonte: 90min