Futebol

Olho na base: Atlético-MG sinaliza mudanças no futebol para enxugar folha

Olho na base: Atlético-MG sinaliza mudanças no futebol para enxugar folha - 1

Após uma temporada de 2019 decepcionante – sem títulos e sem classificação à Libertadores de 2020 -, o Atlético Mineiro projeta mudanças importantes em seu futebol pensando na próxima temporada. A venda de Luan e as saídas de Leonardo Silva (aposentadoria) e Elias (fim de contrato) são os primeiros movimentos de um clube preocupado com duas grandezas: rejuvenescimento de elenco e diminuição do inchaço na folha salarial.

Como destaca o Globoesporte, R$ 10 milhões devem ser investidos pelo Atlético-MG em suas categorias de base, que se tornarão uma fonte cada vez mais explorada pelo clube nas próximas temporadas. A ideia é que novos casos como os de Cleiton, Bruninho e Marquinhos, ‘pratas da casa’ que ganharam espaço e conquistaram a torcida no segundo semestre de 2019, sejam repetidos na Cidade do Galo.

 

Cleiton

 

Com maior investimento na base e mais promessas sendo promovidas ao elenco principal, o ​Galo espera reduzir consideravelmente sua folha salarial, que apesar de bem cara em 2019, não significou grande rendimento/retorno esportivo ao clube. Até o momento, o Alvinegro agitou o mercado de transferências apenas com as saídas citadas anteriormente, oficializando somente uma contratação: a do lateral-direito Maílton, ex-jogador do Operário-PR.

Fonte: 90min


Talvez você também goste