Futebol

Paulo André viaja a Buenos Aires e faz proposta a técnico para dirigir Athletico em 2020

Paulo André viaja a Buenos Aires e faz proposta a técnico para dirigir Athletico em 2020 - 1

O planejamento no ​Athletico-PR já começou visando a temporada 2020 e a prioridade máxima da diretoria rubro-negra é anunciar um novo técnico. Desde a saída de Tiago Nunes para o Corinthians, no mês passado, o presidente Mario Celso Petraglia e o diretor de futebol Paulo André vão cuidadosamente peneirando o mercado sul-americano em busca de nomes de peso para comandar a equipe na Libertadores da América.

 

Um dos nomes que foram consultados foi o do argentino Sebastián Beccacece, ex-Independiente e Defensa y Justicia. Nesta terça-feira (26), o jornal Olé informou que Paulo André aproveitou sua viagem ao país vizinho para formalizar uma proposta ao estafe do treinador. Dessa maneira, os dirigentes rubro-negros aguardam o posicionamento do comandante, que está livre desde o fim de outubro. O diretor de futebol do Athletico foi a Buenos Aires para falar com diversos treinadores, entre eles Beccacece e Gabriel Heinze

 

Sebastian Beccacece

 

Heinze, técnico do Vélez Sarsfield, disse que não sairá do atual trabalho até junho, a não ser que seja demitido. Com 38 anos, Beccacece se destacou como treinador no Defensa y Justicia, na temporada 2018/19, quando levou o modesto clube portenho ao vice-campeonato argentino. Na Copa Sul-Americana de 2017, Seba ficou em evidência no futebol brasileiro ao eliminar o poderoso São Paulo, então comandado por Rogério Ceni, em pleno Morumbi.

 

 

Beccacece foi auxiliar de Jorge Sampaoli por muitos anos, em diversos clubes e seleções. “Ele é considerado um dos melhores técnicos da nova geração sul-americana, com muita intensidade no trabalho e ofensividade no sistema tático”, informa o ​portal Trétis, que traz informações exclusivas dos bastidores do CT do Caju. Outros nomes que foram ventilados em Curitiba foram o de Roger Machado, do Bahia, Ariel Holán, hoje comandante do Independiente, Antônio Carlos Zago, do Bragantino, Felipe Conceição, do América-MG, Eduardo Barroca, do Atlético-GO, e Matías Almeyda, que está livre no mercado após sair de clube da MLS. 

 

​Foto: Miguel Locatelli/Athletico/Divulgação

Fonte: 90min


Talvez você também goste