Futebol

Por fatia de antiga negociação, empresário aciona o Corinthians na Justiça

Por fatia de antiga negociação, empresário aciona o Corinthians na Justiça - 1

​Uma negociação sacramentada há mais de dois anos ainda gera consequências jurídicas nos bastidores do ​Corinthians, indo parar, inclusive, nos tribunais. Correndo na 3ª Vara Cível do Tribunal de Justiça de São Paulo (TJ-SP), uma ação movida pelo empresário Nick Arcuri, da Unique Football, tem o clube paulista como réu.

Já segue a gente no Instagram? Clique aqui e venha para a Casa dos Torcedores!

​​De acordo com a apuração do ​UOL Esportes, o agente reivindica em juízo o valor de R$ 364 mil, referentes a transferência do meia-atacante Léo Jabá ao futebol russo, em 2017. Nick Arcuri alega que a empresa Unique Football detinha 5% dos direitos econômicos do jogador à época e, portanto, deveria ter recebido uma fatia (5%) dos R$ 7 milhões pagos pelo Akhmat Grozny, da Rússia, pela aquisição do jogador.

Aleksandr Erokhin,Leo Jaba

O pagamento deveria ter sido realizado ainda durante a gestão alvinegra anterior (Roberto de Andrade), mas o acerto jamais aconteceu e a dívida seguiu correndo em aberto, de acordo com o empresário. A ação ainda engatinha no TJ-SP, com o Corinthians sendo intimado a prestar sua contestação até o dia 9 de julho, caso queira. 

Fonte: 90min


Talvez você também goste