Futebol

Quem é Fábio Paim, ex-jogador que provocou Cristiano Ronaldo e recebeu “cutucada” do astro




Aposentado dos gramados há longos anos e dono de números um tanto quanto modestos durante sua carreira profissional, Fábio Paim se tornou um dos assuntos mais comentados nas redes sociais e no meio do futebol nesta semana ao dar uma entrevista bastante “arrojada” ao jornal The Sun. Nela, o ex-jogador lusitano afirmou que seu talento natural era maior que o de Cristiano Ronaldo, e que o craque da camisa 7, atualmente no Al-Nassr, “lhe devia uma” das Bolas de Ouro que conquistou.

Quando eu estava jogando, se tivesse tido o mesmo nível de esforço e compromisso, teria sido melhor do que ele [CR7]. Falando de técnica pura, fui melhor. Eu era um pequeno Ronaldinho.Fábio Paim, em entrevista

“Dei uma entrevista e disse, de brincadeira, que achava que o Cristiano me deveria oferecer uma das Bolas de Ouro, mas na humildade. Quem sou eu ao pé do “pai”? Se continuasse a trabalhar e tivesse metade da cabeça que o Cristiano tem, se calhar não seria ele e o Messi. Seria eu, Messi e Cristiano. Estaríamos na luta, e o Cristiano não ganhava as Bolas que ele tem. Se calhar uma era minha”, disse.

As declarações polêmicas de Paim repercutiram de imediato e chegaram ao conhecimento do próprio CR7, que utilizou suas redes sociais para cutucar o compatriota: “Wtf. Quem é este gajo?”, escreveu o astro.

Quem é Fábio Paim? Origem, carreira e características

Quem é Fábio Paim, ex-jogador que provocou Cristiano Ronaldo e recebeu
Fábio Paim chegou a atuar por Portugal em torneios de base | CityFiles/GettyImages

Três anos mais novo que Cristiano Ronaldo, Fábio Miguel Malheiro Paim, nascido em 15 de fevereiro de 1988, começou a sua carreira na base do Sporting, um dos clubes mais vitoriosos de Portugal e dono de um trabalho de destaque em suas categorias inferiores.

Meia-atacante de velocidade e habilidade, Fábio Paim chegou a atuar ao lado de CR7 na base dos Leões, mas definitivamente não conseguiu decolar e repetir a história de sucesso do “filho pródigo” do Sporting: enquanto Cristiano foi rapidamente negociado a um dos maiores clubes do mundo, o Manchester United, Paim sequer estreou profissionalmente pelo clube lisboeta, sendo emprestado para equipes de menor expressão em território lusitano.

Segundo levantamento do Transfermarkt, Fábio Paim pendurou as chuteiras tendo disputado apenas 36 partidas oficiais por clubes profissionais. Seu desempenho por seleções e times de base, como a breve passagem pelo Chelsea B em 2008/09, não entram nesta contabilidade.

Fonte: 90min

Continua após a publicidade..