Futebol

Remobilização pós-queda mostra que Grêmio poderia ter dado mais carinho ao Brasileirão

Remobilização pós-queda mostra que Grêmio poderia ter dado mais carinho ao Brasileirão - 1

​A tristeza e a vergonha pela forma como se deu a eliminação na Libertadores ainda não passaram, como disse o técnico Renato Portaluppi. Porém, as duas vitórias em sequência logo após a queda diante do Flamengo mostram que o ​Grêmio, além de estar vivo na disputa por uma vaga no G-4, poderia estar brigando por algo ainda maior dentro do Campeonato Brasileiro. Faltou, sim, tratar a competição com um pouco mas de carinho.

De torcedor para torcedor: clique aqui e siga o 90min no Instagram!

 

FBL-LIBERTADORES-FLAMENGO-GREMIO

Apesar das claras deficiências de plantel (falta goleiro, laterais e um verdadeiro matador para ser parceiro de Everton), o clube tinha condições de dar uma maior atenção à principal competição do calendário nacional. Olhando para os rivais, quem tem uma dupla de zaga como Geromel e Kannemann? Quem tem um Everton? Quem tem um Jean Pyerre? Quem tem o conjunto que o Tricolor adquiriu ao longo dos anos?

 

Gabriel Barbosa,Pedro Geromel

 

O contexto gremista pensou muito mal a forma como lidar com torneios em paralelo. Pontos que ficaram pelo caminho contra CSA, Avaí, Ceará, Fortaleza entre outros fazem muita falta. E poderiam ter sido naturalmente obtidos se houvesse um pouco mais de foco. O duelo desta quarta-feira, em São Januário (triunfo por 3 a 1, de virada, sobre o Vasco), deixou claro que, mesmo com um “mistão”, a equipe tem mais qualidade que poderosos rivais. Bastaria, apenas, não abdicar do campeonato, não “baixar a guarda” e deixar que os reservas jogassem sem qualquer tipo de responsabilidade.

 

Flamengo v Gremio - Copa CONMEBOL Libertadores 2019 Semi-Final 2

O discurso da direção e do próprio Renato, em nenhum momento, apontou para um tratamento especial ao Brasileirão, como fez o Flamengo, por exemplo. Exigir título, diante de tamanho equilíbrio, seria pedir demais. Mas ver a equipe e o clube se dedicando ao máximo era uma obrigação que não foi cumprida. Recentemente, o presidente Romildo Bolzan Júnior disse que derrotas precisam servir como ensinamento. Neste caso, um mau planejamento, também. Então, que sirva de lição. Pois as cobranças, ao que tudo indica, virão ainda mais fortes em 2020.

Para mais notícias do Grêmio, clique ​aqui.

Fonte: 90min


Talvez você também goste