Futebol

São Paulo articula nova estratégia para fechar com reforço

São Paulo articula nova estratégia para fechar com reforço - 1

​De olho na reabertura da janela de transferência neste mês de julho, a diretoria do ​São Paulo trabalha nos bastidores para fechar com um reforço, a pedido do técnico Cuca para a sequência da Série A do Campeonato Brasileiro. No entanto, um dos alvos cobiçados pelo Tricolor Paulista ainda não tem a sua situação definida e segue no radar da equipe paulista para 2019.

O alvo da vez é o centroavante Juan Dinenno, que pertence ao Racing-ARG e está emprestado ao Deportivo Cali. O atleta ainda não teve os seus direitos econômicos adquiridos pela equipe colombiana e o Tricolor Paulista articula uma nova estratégia para tentar fechar com o atleta em 2019, já que é um dos objetivos do São Paulo. Para isso, o clube já sabe os valores que teria que desembolsar para comprar do clube de Avellaneda.

 

FBL-SUDAMERICANA-PENAROL-CALI

 

De acordo com o jornalista Ricardo Ritt, do Grupo Voleio, de assessoria esportiva, o São Paulo teria que colocar U$ 2 milhões na mesa para ter 50% dos direitos econômicos de Dinenno. No primeiro momento, o Deportivo Cali tentou comprar parte do atleta por U$ 650 mil junto ao Racing, de Avellaneda, mas as negociações entre os clubes acabaram não se acertando e a situação está estagnada até o momento.

A ideia do Tricolor do Morumbi é trazer um novo centroavante para alternar com o Pablo, já que o atual atacante se recupera de uma lesão muscular e deve voltar aos gramados entre dez a quinze dias. Além de trazer um novo camisa 9, o Tricolor Paulista quer um lateral-direito e um dos alvos é Adriano, ex-Barcelona, que está de saída do Besiktas e cujo contrato termina neste domingo (30). Com isso, poderá retornar ao Brasil livre para assinar com o clube paulista.

Fonte: 90min


Talvez você também goste